LMG-760: Romeu Zema assina na terça-feira ordem de serviço para retomada da pavimentação

Timóteo –  A deputada Rosângela Reis (Podemos) e o deputado Celinho do Sintrocell (PCdoB), informaram que o governador Romeu Zema estará assinando na próxima terça-feira (4/8), a ordem de serviço para a retomada das obras da MG-760, entre Cava Grande, distrito de Marliéria, até o entroncamento da BR-262. A obra foi incluída em um programa da Fundação Renova, que trata da recuperação dos danos causados pela Tragédia de Mariana. O retorno da obra deve acontecer nos próximos meses.

A Fundação Renova aprovou em maio o repasse de R$ 600 milhões para obras nos setores de saúde e infraestrutura em municípios da bacia do Rio Doce atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão. Parte deste recurso, R$ 128 milhões, são para a pavimentação da LMG-760, entre Cava Grande, distrito de Marliéria, até o entroncamento da BR-262.

Pedido inicial

O pedido inicial pela inclusão da LMG-760 no programa da Fundação Renova foi feito por Rosângela Reis em uma reunião realizada em 28 de novembro de 2019, com a secretária-adjunta da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag), Luísa Barreto, e a assessora do secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), Viviane Gomide, na Cidade Administrativa, em BH.

“Sabemos que essa pavimentação gera até descrença, depois de tantos vai e voltas, pois desde maio de 2018 a obra está parada. Mas graças ao nosso empenho conseguimos o acordo entre o Governo de Minas Gerais e a Fundação Renova.”, afirmou Rosângela Reis

O deputado Celinho Sintrocel também reuniu-se na Cidade Administrativa com Sra. Luíza Castro, Secretária em exercício de Planejamento e Gestão, e o seu assessor, Luiz Otávio para discutir o cronograma de implantação das resoluções do Comitê Interfederativo (CIF) da Fundação Renova, aprovados no dia 7 de fevereiro de 2020. Na ocasião, a Deliberação CIF nº 388 aportou, em caráter compensatório, R$ 128  milhões para realização total da pavimentação da LMG-760.

“Graças a uma ação firme e permanente de todos nós, depois de 22 meses paradas, as obras da LMG-760, finalmente, serão retomadas. Foram inúmeras as reuniões, pressões, propostas no orçamento e no Plano Plurianual e outras iniciativas, até encontrarmos uma saída para as obras e chegarmos a um entendimento com a Fundação Renova – responsável pela reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana”, lembrou o deputado Celinho.

Movimento MG-760

A coordenação do Movimento MG-760 Asfalta Já, comemorou o anúncio da assinatura da ordem de serviço anunciada pelos deputados nesta quinta-feira (30). Segundo ela, este anúncio era esperado a partir da notícia ainda no mês de maio de que a Fundação Renova havia aprovado repasse de R$ 600 milhões para obras nos setores de saúde e infraestrutura em municípios da bacia do Rio Doce atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão. Destes recursos, os R$ 128 milhões anunciados para a MG-760, fez renascer a esperança de que finalmente “podemos contar com a retomada do empreendimento”.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *