Relatório sobre a vida financeira da PMT foi entregue com quatro meses de atrasos

Timóteo – Após quatro meses da apresentação do resultado da análise de conformidade da folha de pagamento de servidores ativos e inativos da Prefeitura de Timóteo, pelos Consultores da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), contratados para o serviço,  a  administração do município de Timóteo recebeu nesta terça-feira (7) o relatório definitivo e final da citada auditoria. O contrato entre o município e a empresa de consultoria foi no valor de R$ 1,6 milhão.Como prometido há 90 dias durante encontro preliminar com servidores públicos, agora, o Plano de Cargos, Carreiras e vencimentos e a consolidação do Estatuto, deverá ser encaminhado a Câmara de Vereadores em forma de Projeto de lei.

Cópias deste relatório final também deverão ser encaminhadas para o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Timóteo (Sinsep), para o Ministério Público; para a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo.

CONTRATO

A FIPE foi contratada pelo PG 082/2019 assinado em maio de 2019. O trabalho contratado foi de análise de conformidade da folha de pagamento, o estudo para a revisão dos três estatutos que regem a vida do servidor público e consolidação em um único documento e a elaboração do plano de cargos, carreiras e vencimentos.

NOTA

Questionada pelo JBN no último mês de maio a respeito da praticidade do resultado dos trabalhos dos Consultores da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em favor da vida financeira do município, com a efetiva redução da folha de pagamento e a compensação referente ao recolhimento indevido junto ao INSS nos últimos cinco anos, a prefeitura informou que “o relatório final sobre o estudo relacionado à conformidade da folha de pagamento, unificação dos estatutos e plano de cargos, carreiras e vencimentos estava programado para ser apresentado na Câmara de Vereadores no dia 23 de março, mas que “em razão da pandemia as atividades na PMT e da Câmara foram suspensas e retornaram com limitações. Ao mesmo tempo, os técnicos da FIPE passaram a trabalhar em regime de jornada reduzida sem a possibilidade de se deslocarem para realizar a apresentação.”

A Secretaria de Administração e Gestão de Timóteo prometeu que o relatório final seria encaminhado para a Procuradoria Geral do Município para a formulação das minutas de lei referentes ao plano de cargos, carreiras e vencimentos e a unificação o estatuto dos servidores públicos.

Na mesma ocasião, a prefeitura não respondeu ao questionamento do JBN sobre se as irregularidades apontadas no relatório relativo à folha de pagamento, denominada na época de “pente fino” informadas  no dia 3 de março no auditório da Prefeitura de Timóteo haviam sido sanadas. De igual maneira não respondeu se houve redução na folha de pagamento conforme indicado no relatório.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *