FOGO: Tragédia de 2019 poderá ser evitada com a construção de Aceiros no entorno do Parque Rio Doce

Timóteo – Para evitar que incêndios possam consumir novamente quilômetros da maior reserva de mata atlântica de Minas Gerais – Parque do Rio Doce, iguais aos que foram registradas no ano de 2019, aceiros estão sendo construídos no entorno da unidade de conservação ambiental. O PERD possui cerca de 36 hectares localizados nos municípios de Timóteo, Marliéria e Dionísio.

A construção de aceiros foram iniciados em junho com o uso de uma pá carregadeira, e devem ser concluídos até o dia 10 de julho. A operação incluiu a recuperação de estradas com grandes crateras, que impossibilitavam o tráfego de carros e de caminhões pipas para o combate inicial de eventuais incêndios.

Realizada anualmente, a ação integra o Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais de Timóteo, sendo desenvolvida pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos, Habitação e Mobilidade e da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental entre outros parceiros.

A revitalização do aceiro do PERD compreenderá uma extensão aproximada de 17 km, tendo início pelo portal da reserva no bairro Macuco, passando por áreas limítrofes dos bairros Limoeiro, Recanto Verde, Alphaville, Celeste.  O aceiro é um método para evitar queimadas no período de estiagem. Consiste num espaço desbastado de vegetação que se abre em torno das áreas verdes ou propriedades rurais para impedir a propagação do fogo, além de garantir a acessibilidade para o combate de focos de incêndio.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *