sábado, março 2, 2024
CidadesDestaques

72 cidades foram impactadas pelas fortes chuvas e estão sem água potável

Redação – Desde a última sexta-feira até a manhã deste domingo, 26 de janeiro, 72 cidades/localidades foram impactadas pelas fortes chuvas que caem sobre Minas Gerais. Nesses locais, unidades de produção como poços e estações de tratamento e de captação ficaram inundados e incapacitados momentaneamente de funcionar.

Além das estruturas próprias afetadas, as equipes da Copasa ainda aguardam o restabelecimento de acessos e tráfego para realizar os reparos necessários.

Até o momento, o fornecimento de água permanece prejudicado nas seguintes cidades: Alto Jequitibá, Alto Rio Doce, Antônio Dias, Barbacena, Barra Longa, Bela Vista de Minas, Belo Horizonte, Belo Vale, Betim, Bom Jesus do Galho, Bom Jesus de Pirapitinga, Brumadinho, Cajuri, Caparaó, Capelinha, Caratinga, Cássia, Catiara, Cipotânea, Conceição do Mato Dentro, Contagem, Córrego Danta, Divino, Divinópolis, Dom Cavati, Dom Silvério, Dona Euzébia, Dores do Turvo, Entre Rios de Minas, Ervália, Espera Feliz, Faria Lemos, Guaraciaba, Guidoval, Guiricema, Ibirité, Itapecerica, Iturama, João Pinheiro, Matipó, Matozinhos, Moeda, Nova Lima, Nova Serrana, Nova União, Ouro Branco, Patrocínio de Caratinga, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Ribeirão de São Domingos, Rio Casca, Rio Espera, Santa Bárbara do Leste, Santa Bárbara do Leste, Santa Luzia, Santa Margarida, Santa Maria do Itabira, Santa Rita de Minas, Santana do Paraíso, Santana do Pirapama, Santo Antônio do Grama, Santo Antônio do Monte, Santos Dumont, São João do Manhuaçu, São Simão do Rio Preto, Sericita, Simonésia, Timóteo, Turmalina, Ubá, Ubaporanga e Várzea da Palma.

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a Estação de Tratamento de Água Morro Redondo permanece com sua vazão reduzida, em decorrência do assoreamento da barragem de Fechos. Até o momento, o fornecimento de água ainda encontra-se prejudicado nos bairros nos bairros Belvedere, Das Mansões, Olhos D’Água, Pilar, Santa Lucia, Serra do José Vieira, em Belo Horizonte, e Jardim Da Torre, Jardinaves, Piemonte, Vale do Sereno, Vale dos Cristais, Vila Castela, Vila da Serra, Village Terrasse, em Nova Lima. Técnicos da empresa estão trabalhando na manutenção no local para regularizar a situação.

Em Sabará, as equipes da Copasa estão com dificuldades de acesso ao local de manutenção da adutora, em decorrência dos estragos provocados pelas chuvas. Com isso, o abastecimento de água permanece prejudicado nos bairros Adelmolandia, Adelmolandia II, Aguas Férreas, Alto Bela Vista, Alto do Cabral, Alto do Fidalgo, Arraial Velho, Cabral, Caieira, Campinas, Centro, Condomínio Eugenie Scharle, Conjunto Hab. Morada Da Serra, Córrego da Ilha, Esplanada, Fogo Apagou, Gaia, Galego, Ipê Amarelo, Mangabeiras, Morro Da Cruz, Morro São Francisco, Mundo Velho, Nossa Senhora Conceição, Nossa Senhora do O, Paciência, Padre Chiquinho, Praia Dos Bandeirantes, Rosário, Rosário II, Rosário III, Santana, Santo Antônio, Santo Antônio de Rocas Grandes, Siderúrgica, Sobradinho, Terra Santa, Vila Do Triangulo, Vila Esperança, Vila Francisco de Moura, Vila Mangueiras, Vila Michel, Vila Real, Vila Santa Cruz, Vila Santo Antônio de Pádua.

Em Santa Luzia, técnicos da empresa estão com dificuldades de atender as demandas operacionais, em decorrência do grande volume de chuva na cidade que inviabilizou o acesso a alguns locais. Diante disso, o abastecimento em alguns bairros da cidade continua prejudicado.

Diante disso, a Copasa pede a colaboração dos cidadãos para fazer o uso estritamente necessário da água.

As equipes da Copasa permanece trabalhando para regularizar o fornecimento de água, o mais rápido possível, em todas as cidades afetadas. Tão logo seja possível, a Companhia comunicará o restabelecimento do abastecimento.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *