Presidente da Câmara de Fabriciano manifesta sua preocupação com a municipalização da educação

O presidente Adriano Martins quer explicações da Superintendência de Ensino

Fabriciano – Transferir as funções, as obrigações e os serviços do governo estadual para o governo municipal, é no mínimo querer fazer cortesia com o chapéu alheio. Com este posicionamento, o presidente da Câmara de Coronel Fabriciano, Adriano Martins, na tarde desta quarta-feira (12), deu o tom do significado do ato de municipalizar ao que se propõe o governo do Estado.
O pronunciamento oficial da Mesa Diretora da Câmara a respeito do processo que está em andamento, aponta para as dificuldades em que a municipalização ofereceria ao município nos termos de total responsabilidade sobre o ensino, o que compreende os gastos com serviços, transporte, contratação de professores e o fechamento de escolas.

A Câmara de Coronel Fabriciano se mostra radicalmente contrária à decisão do governo Romeu Zema, porque a educação é uma das questões mais importantes do município. “Quando falamos em educação, é preciso projetar a longo prazo e pensar o que queremos lá na frente: se queremos cidadãos formados, com poder de discernimento nas situações; se queremos projetar cidadãos mais empreendedores. E isso tudo está inteiramente ligado à educação”.
“O descaso do Estado com a educação vai influenciar diretamente na formação do nosso jovem e no futuro do nosso município. Fechar escolas de maneira gradativa, abrupta, e querer repassar a responsabilidade a que pertence ao Estado para os municípios, é sim querer fazer cortesia com o chapéu alheio. Nós estamos preparados para travar uma luta para que tal coisa não venha acontecer”, disse o presidente da Câmara de Fabriciano, vereador Adriano Martins, oportunidade em que revelou a elaboração de um manifesto que será enviado ao governador do Estado de Minas Gerais; Assembleia Legislativa e promotoria da Infância e Adolescente.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *