A nova Biblioteca do Timirim recebe nesta sexta-feira a estátua de Carlos Drummond de Andrade

A escultura teve uma das pernas arrancadas e ficou um longo período jogada e esquecida no almoxarifado da prefeitura

TIMÓTEO (Fotos PCReis) – A Biblioteca Pública Municipal Raquel Pacífico Drumond, em Timóteo, recebe nesta sexta-feira (15) solenidade, a partir das 20h30, para a reinauguração da estátua em bronze do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade. A escultura ornamentava o hall de entrada daquele espaço público e foi encostada depois de ser vandalizada.

A escultura teve uma das pernas arrancadas e ficou um longo período esquecida no almoxarifado da prefeitura. Na atual gestão do prefeito Douglas Willkys e do vice-prefeito e secretário municipal de Educação, José Vespasiano Cassemiro, o professor Vespa, a estátua foi restaurada pela artista plástica Ângela Athaíde e será devolvida nesta sexta-feira (15) ao seu lugar de origem.

A solenidade acontece a partir das 20h30 na sede da biblioteca pública, localizada na Rua Antonieta Martins de Carvalho, nº 2, bairro Timirim, com apresentação musical, encenação teatral, declamação de poemas, exposição de livros e descerramento da estátua de bronze.

Para a coordenadora da biblioteca, Eva Eulália Teixeira, a reinstalação da escultura “se traduz de um simbolismo cultural e de preservação da memória nacional de um dos principais escritores brasileiros”.

A Biblioteca Raquel Pacífico Drumond também passou por uma revitalização e recebeu pintura nas áreas internas e externas e adaptação do banheiro para pessoas com deficiência. Atualmente o espaço conta com 14 mil sócios e atende entre 800 e 1000 leitores mensalmente. Conforme a coordenação do espaço, o público é diversificado e predominantemente de jovens estudantes.

Resgate

Segundo explicou o Professor Vespa, a restauração da estátua era uma demanda dos funcionários da biblioteca e também dos estudantes e frequentadores, haja vista que ela já tinha se tornado um atrativo e estava incorporada ao cenário local.

“A restauração da estátua de Carlos Drummond de Andrade é um resgate da nossa cultura e demonstra também o nosso respeito ao patrimônio público. Devolver essa obra à biblioteca é um ato simbólico de valorização do hábito da leitura e de um dos principais mestres da literatura brasileira”, pontuou o secretário de Educação de Timóteo.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *