Vigilância Sanitária de Timóteo atua na prevenção de riscos à saúde. São nove profissionais em ação

TIMÓTEO – Cuidar da saúde integral da população, desde à gestação até a fase adulta dos cidadãos, é meta prioritária da Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida de Timóteo. A execução deste objetivo vai muito além dos serviços de atenção básica disponibilizados pelas unidades básicas de saúde e programa Estratégia de Saúde da Família ou do serviço de emergência do Centro de Saúde João Otávio.

O órgão atua na orientação e fiscalização de estabelecimentos sujeitos ao controle sanitário.

A Secretaria de Saúde mantém o setor de Vigilância Sanitária, que integra o Departamento de Vigilância em Saúde, com a função de atuar para eliminar, diminuir ou prevenir riscos e agravos à saúde da população.  O órgão é composto por nove profissionais: coordenadora, auxiliar administrativo, farmacêutico, técnico nível médio e técnicos em serviços de saúde. O órgão atua na orientação e fiscalização de estabelecimentos sujeitos ao controle sanitário, tais como restaurantes, supermercados, bares, padarias, hotéis, pronto-atendimento, UBS, consultórios médicos e odontológicos, drogarias, clubes sociais, academias, indústria e distribuidoras de produtos de interesse da saúde e indústria de alimentos, entre outros.

A Vigilância Sanitária funciona, de segunda a sexta-feira, no prédio da Secretaria de Saúde, localizado na Praça 29 de Abril, nº 198, 3º Andar, Centro Sul. O telefone para obter informações ou apresentar denúncias é o 3847-7633. “Os fiscais sanitários atuam de forma legal, baseados em resoluções, portarias, legislações, normas e decretos, que regulamentam as atividades das ações de vigilância sanitária”, explica a coordenadora do órgão, Ana Amélia Camilo Soares, Técnica em Serviço de Saúde, com graduação em Biologia e especialização em Saúde Pública e Meio Ambiente.

De acordo com ela, as estratégias das ações da Vigilância Sanitária são pautadas em: regulamentação dos procedimentos de serviços e produtos de interesse da saúde; comunicação e educação em saúde; articulação e integração com demais órgãos; e inspeção/fiscalização. O órgão segue indicadores do Programa de Monitoramento das Ações de Vigilância em Saúde (PROMAVS), da Secretaria Estadual de Saúde, que tem o objetivo de dar continuidade na implementação de um sistema regionalizado de vigilância em saúde, visando efetivar a descentralização das ações da área para todos os municípios mineiros.

Educador Sanitário

No dia 11 de junho, é comemorado o Dia do Educador Sanitário. Trata-se do profissional que investiga, alerta e orienta a população sobre os cuidados higiênico-sanitários adequados para evitar problemas de saúde. “A educação sanitária tem como premissa sensibilizar o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) sobre as práticas de promoção da saúde”, esclarece Ana Amélia Soares, exemplificando que muitas doenças poderiam ser evitadas com a correta higienização das mãos, via responsável por transmissão direta de patógenos, tanto na área hospitalar quanto de alimentos.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *