Ataque de hackers no sistema da Câmara de Timóteo poderá ser investigado pela Polícia Civil

Foto Ilustrativa

TIMÓTEOUma invasão de hackers aos sistemas de banco de dados da Câmara Municipal de Timóteo deverá ser  investigada. O caso ocorreu nesta semana, mas o assunto só vazou nesta terça-feira (20) durante sessão extraordinária da Casa Legislativa.

Apesar do chefe do setor de Informática da CMT negar a invasão do sistema por hackers, fontes internas da Câmara confirmaram a situação, mas disseram também que até o fim da tarde desta terça-feira os técnicos da Casa estavam tentando solucionar o problema internamente uma vez que não houve prejuízos à rotina dos trabalhos.

O chefe do setor de Informática da Câmara (CPD), Haroldo Freitas informou que o fato se deu por ação de um vírus em um dos computadores, o que foi solucionado prontamente com protocolo simples de manutenção para tal. Segundo ele, a maioria dos computadores tem a plataforma Linux para evitar invasão, por ser mais seguro.  Apenas alguns servidores usam o Windowns pela especificidade das tarefas. O sistema de informática da Casa não foi comprometido.

A presidência da Câmara não informou se vai denunciar o  caso na Policia Civil para que seja instaurado inquérito pela delegacia responsável por investigar crimes contra o patrimônio.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *