Prefeitura coloca Copasa cara a cara com moradores do Macuco para resolver a falta de abastecimento de água na ocupação

TIMÓTEO – Foi realizada na manhã desta sexta-feira (25) uma nova reunião na Prefeitura de Timóteo, envolvendo   representantes da Administração Municipal, da Copasa e dos moradores da ocupação do bairro Macuco. O objetivo foi o de tentar encaminhar uma solução para o corte de água naquela comunidade.

A água que abastecia a ocupação ocorria por meio de ligações clandestinas, o que levou a concessionária do serviço público a cortar o fornecimento. Segundo representantes da Copasa, a suspensão de fornecimento em locais irregulares também foi feita nos bairro Ana Rita, Recanto Verde e Limoeiro.

Na quarta-feira (23) a comissão de moradores já havia se reunido com o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys e demais membros da sua equipe de governo, pedindo a intermediação do município para tentar solucionar o imbróglio. Para minimizar o problema da falta de água na ocupação, o Município tem disponibilizado caminhões pipas regularmente.

O encontro desta sexta-feira foi o terceiro realizado nas dependências da Prefeitura. No primeiro deles, por meio de um encaminhamento retirado pelos presentes, a Administração municipal enviou um ofício à Copasa pedindo resposta à demanda dos moradores da ocupação do Macuco. Como resposta a Copasa informou oficialmente que não há possibilidade de fazer a religação por tratar-se de uma ocupação ilegal e por causa de uma Ação Civil Pública (ACP), impetrada em 2015 pelo Município, pedindo a reintegração de posse da área que é pública.

No encontro desta sexta-feira, ficou acertado que o Município irá oficiar o Ministério Público para agendar uma nova reunião, em conjunto com a comissão de moradores e com os representantes da Copasa, para encontrar alternativas. Ao mesmo tempo, o Município se comprometeu a atualizar o cadastro dos moradores. Em 2016, a Secretaria Municipal da Assistência Social já havia providenciado um levantamento junto aos moradores da ocupação do Macuco.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *