Pela primeira vez, cumprindo lei, Copasa presta contas do serviço executado em Timóteo

TIMÓTEO – Em cumprimento à lei municipal 3.672/2018, sancionada no último mês de dezembro pelo prefeito Douglas Willkys (PSB), a Copasa participou nesta quarta-feira (03) de uma audiência pública na Câmara de Timóteo, para prestar contas de suas atividades no município. O evento reuniu políticos e um significativo número de populares.
A Copasa especialmente em Timóteo, tem sido alvo de muitas reclamações por parte da população acerca do serviço prestado. Durante a audiência, a empresa prestou contas dos serviços prestados como: extensão de redes com novos investimentos, arrecadação e despesas com taxas e construção da Estação de Tratamento Integrada de Esgoto do Bairro Limoeiro, mas foi obrigada a ouvir cobranças e mais cobranças da comunidade e dos políticos presentes.
O procurador da PMT, Dr. Humberto Abreu;  Fabrício Araújo, secretário de Planejamento da PMT; o presidente Câmara, professor Diogo Siqueira; e os dois representantes da Copasa.
De acordo com a lei 3.672, a empresa prestadora dos serviços de abastecimento, manutenção e tratamento de água e esgoto sanitário deve apresentar ao Legislativo Municipal a arrecadação e os gastos operacionais na cidade, os investimentos realizados, bem como outros temas de interesse da comunidade. A legislação determina ainda que a prestação de contas deve ocorrer anualmente, sempre no 1º semestre, e os dados apresentados devem ser do ano anterior. O PL que originou a lei é de autoria do vereador Diogo Siqueira.
Dos Quinze vereadores, estiveram presentes a Pastora Sônia, Adriano Costa Alvarenga, Gualberto, Prof. Diogo Siqueira, Ivair Guimarães, Zizinho e Raimundinho. Representando a Prefeitura compareceram o Secretário de Planejamento Fabrício Araújo e o procurador Geral, Humberto Abreu.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *