Mulher agredida por filho no Ana Moura é transferida para o HMC com ajuda da Secretaria de Saúde de Timóteo

O secretário de Saúde de Timóteo, Eduardo Morais, esteve nesta segunda-feira no Hospital e Maternidade Vital Brazil para acompanhar a situação de Maria da Penha Silva, moradora do Bairro Ana Moura

Timóteo – Maria da Penha da Silva, 59 anos, foi hospitalizada com fraturas no braço, na face, na coluna cervical, além de traumatismo craniano, após ter sido agredida violentamente pelo próprio filho, no dia 20 de julho. A vítima foi espancada com uma enxada. Maria da Penha permaneceu internada no Hospital Vital Brazil até a tarde desta segunda-feira.

Com as agressões, a vítima necessitava de uma transferência para um hospital de maior porte para ser submetida a várias cirurgias. A transferência é responsabilidade do governo do Estado por meio do Sistema SUS Fácil, que regula os leitos no estado. Entretanto, a falta de leitos hospitalares no Vale do Aço vinha dificultado os procedimentos necessários. Atualmente a região possui um déficit de mais de 500 leitos.

Há vários dias o secretário Eduardo Morais estava empenhado em encontrar uma solução junto ao Estado e ao Hospital Márcio Cunha para transferir a paciente, o que efetivamente ocorreu no início da tarde desta segunda-feira. “Nesse início de semana a senhora Maria da Penha apresentou um quadro estável e foi transferida para o Márcio Cunha. Ela só não foi removida anteriormente para Ipatinga por causa do déficit de vagas de leitos de UTI em nossa região”, explicou Eduardo Morais que aproveitou para elogiar a equipe do Hospital e Maternidade Vital Brasil que atendeu prontamente a paciente dentro de sua capacidade instalada.

O secretário adiantou ainda que o Município, por meio da Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida, se comprometeu a repassar fraldas geriátricas, assistência médica e medicamentos, caso necessário, assim que Maria da Penha receba alta hospitalar.

ENTENDA O CASO

Na madrugada do dia 20 de julho, uma mulher de 59 anos foi espancada com uma enxada. O principal suspeito das agressões é o próprio filho da vítima.

De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 4h da manhã, testemunhas solicitaram a presença dos militares pois estava havendo uma confusão na residência da vítima, na Rua Felicissimo Farias, no Bairro Ana Moura, na cidade de Timóteo, no Vale do Aço.

Chegando ao local, a PM encontrou a vítima caída no jardim e também uma enxada, que teria sido usada pelo suspeito nas agressões. A vítima foi socorrida pelo Corpo e Bombeiros e levada para o Hospital.

Segundo a PM, a mulher teve o rosto desfigurado, sofreu uma fratura exposta no braço esquerdo, teve traumatismo crânio-encefálico e uma fratura na coluna. A mulher encontra-se internada, inconsciente e em estado grave.

Após as agressões o autor do crime fugiu do local em uma bicicleta. Um familiar contou aos policiais que o rapaz, de 29 anos, é usuário de drogas e que não é a primeira vez que ele agride a mãe. Segundo o relato, ele ameaçava a genitora constantemente por dinheiro para manter o vício.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *