Fabri Nova Luz é apresentado no fórum de cidades inteligentes e sustentáveis

Fabriciano – O prefeito de Coronel Fabriciano Dr. Marcos Vinicius, afirmou, nesta quarta-feira, 20, durante o I Fórum Mineiro de Cidades Inteligentes e Sustentáveis, em Belo Horizonte, que por meio dos recursos da própria taxa de iluminação pública do município está sendo possível revolucionar o conceito de telegestão de eficiência energética.

Diante da plateia formada por prefeitos, gestores públicos, engenheiros e fornecedores, o prefeito apresentou o pioneirismo do Fabri Nova Luz, programa integrado de eficiência energética, dentro do painel cases de sucesso do Fórum.

Implementado em 2018, a iniciativa está possibilitando a gestão municipal ter total controle do serviço de iluminação.  Mais do que trocar as atuais lâmpadas de vapor de sódio e mercúrio pelas lâmpadas LED, que são mais econômicas e eficientes, a gestão municipal consegue controlar, à distância, a eficiência energética dos postes de iluminação por meio de um sistema remoto inteligente.

O prefeito destacou que até o momento cerca de 3 mil pontos de telegestão foram implementados em toda a cidade e que a estimativa é perfazer o total de 11 mil pontos até 2020.

A partir do Fabri Nova Luz, Dr. Marcos Vinicius afirmou que a proposta é reduzir em até 50% os custos de iluminação pública. “Estamos fazendo uma economia de R$200 mil por ano só com os prédios públicos. Com a telegestão da iluminação pública, que teve inicio em dezembro passado, estamos tendo um superávit de R$350 mil por mês”, elencou. “Este superávit é que está possibilitando a ampliação do número de pontos de telegestão”, concluiu.

O coordenador do Grupo de Trabalho do CREA Minas Soluções Energéticas nos Espaços Urbanos e organizador do Fórum, o engenheiro eletricista Igor Braga Martins afirmou que a apresentação do prefeito de Coronel Fabriciano mostrou todo o dinamismo e capacidade de execução de colocar em prática uma iniciativa pioneira. “O prefeito, com protagonismo, conseguiu nos mostrar de que a telegestão, que é um meio de você dar inteligência à iluminação pública, seja pela dimirização dos postes, seja pelo controle do liga e desliga das lâmpadas, entre outros tipos de aplicações, Dr. Marcos Vinicius conseguiu nos mostrar que isso é possível”, enalteceu Igor Braga. Por fim, elogiou o pioneirismo de Minas Gerais e de Coronel Fabriciano neste setor.

 ABERTURA

Convidado para compor a mesa de abertura do fórum, o prefeito de Coronel Fabriciano e vice-Presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) Marcos Vinicius, representou o presidente da AMM Julvan Lacerda. Também compuseram a mesa de abertura as seguintes autoridades: o subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento Rodrigo Franco; o diretor presidente da Mútua, Engenheiro Civil Paulo Roberto de Queiroz Guimaraes; o coordenador do Grupo de Trabalho do CREA Minas Soluções Energéticas nos espaços urbanos e organizador do evento, o engenheiro eletricista Igor Braga Martins.

SOBRE O EVENTO

O I Fórum Mineiro de Cidades Inteligentes e Sustentáveis é uma realização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) e correalizado com a Associação Mineira de Municípios (AMM), Associação de Engenharia Mecânica e Industrial de Minas Gerais (Abemec), Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas de Minas Gerais  (Abee-MG).

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *