Ecoponto para recebimento de pneus velhos no Bairro Alegre, não está funcionando

Timóteo (Fotos PCReis) – Nesta semana, o JBN recebeu diversas reclamações de moradores e proprietários de borracharias, de que o Ecoponto – pátio onde é recebido pneus inservíveis, situado no Bairro Alegre, de responsabilidade da prefeitura, antigo galpão da ASCATI, não está recebendo o material.

Com isso, o município está perdendo a oportunidade de garantir  a destinação correta dos pneus para a reciclagem e, também, continuar contribuindo para a eliminação de milhares de focos potenciais de doenças, como dengue, chikungunya e zika vírus. A falta do serviço possibilita que o material seja dispensado em locais inadequados.

A reportagem do JBN esteve no local e constatou que não existe nenhum funcionário da prefeitura para fazer a recepção do material. No Ecoponto as pessoas estão chegando com o material e jogando por cima da porteira. Outros, no fragrante da reportagem, sem a devida informação de como proceder, chegam e retornam com os pneus para um possível descarte em locais ignorados.

NOTA DA PREFEITURA

A Secretaria de Obras, Serviços Urbanos, Habitação e Mobilidade esclarece que a Prefeitura de Timóteo mantém um Ecoponto no bairro Alegre – antiga sede da Associação de Materiais Recicláveis de Timóteo (Ascati) – para o recebimento de pneus inservíveis e vidros. Apenas uma fração do terreno, que possui uma área coberta, é alocada pela prefeitura.

O funcionário que prestava o atendimento no Ecoponto se afastou por motivo de doença. Em função disso, atualmente, os interessados em descartar pneus velhos e vidros no Ecoponto devem fazer por meio de agendamento prévio, pelo telefone 38474776.

O descarte de materiais no local sem autorização não é permitido, sendo que eventuais infratores estão sujeitos às penalidades. Por outro lado, a Secretaria de Obras está estudando a adequação do seu quadro de servidores para disponibilizar um profissional para a prestação do serviço no local.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *