Deputados e Prefeitos confirmam investimentos do Estado no Aeroporto do Vale do Aço

Presentes, os chefes do Executivo de Coronel Fabriciano e vice-presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Dr. Marcos Vinicius; Ipatinga, Nardyello Rocha; Timóteo, Douglas Willkys e também os deputado Federal, Hercílio Diniz (MDB) e Estadual, Rosângela Reis (Podemos).

Redação – A alocação de mais investimentos na infraestrutura no aeroporto do Vale do Aço – Santana do Paraíso, incluindo a construção de hangares, é demanda antiga dos empresários e de lideranças políticas da região. Diante da urgência deste tema para o fomento da economia regional, prefeitos do Vale do Aço participaram de audiência na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, com o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), Marco Aurélio Barcelos, para debater o assunto. O encontro ocorreu na tarde dessa quinta-feira, 21/11.

Marcos Aurélio Barcelos afirmou que as obras de infraestrutura na pista do Aeroporto de Ipatinga devem iniciar após o período de chuva, quando também é previsto a conclusão da licitação da empresa responsável fazer as obras pelo Estado. “Final de fevereiro, início de março, devemos ter o edital terminado e a ordem de início sendo conferida”, afirmou. Em seguida, descartou a possibilidade do Voe Minas voltar para o Vale do Aço. Criado em 2016 e extinto em junho de 2019, o Voe Minas subsidiava viagens aéreas entre a capital mineira e importantes cidades do interior do Estado para incentivar o desenvolvimento econômico regional.

INVESTIMENTOS

Sobre a construção de hangares no aeroporto de Santana do Paraíso, o secretário de Estado, afirmou que a pasta já trabalha no procedimento de licitação. “Acreditamos que nas próximas semanas temos condições de abrir a consulta pública para essa licitação, para obter insumos dos interessados. E a partir da consulta pública, o edital definitivo. E com o edital na rua, recebendo as propostas, quem levar, constrói os hangares”, frisou.

Por sua vez, prefeito de Coronel Fabriciano destacou a importância dos aportes, tanto o hangar quanto o aeródromo para o fomento da economia regional. Por fim, viu com  otimismo a fala do secretário. “Várias lideranças políticas e empresariais estão unidas para pleitear estes investimentos importantes para o Vale do Aço. Na reunião, o secretário de Infraestrutura se mostrou, como sempre, atencioso às demandas da região, e deixou claro que o Estado tem o interesse para que a iniciativa privada invista no Vale do Aço. Saímos confiante que até 2020 esta demanda será atendida”, pontua.

PRIVATIZAÇÃO DO AEROPORTO DE IPATINGA

Barcelos explicou que o Governo do Estado transferiria o aeroporto para o âmbito da concessão do Governo Federal. “Gostaríamos sim que o aeroporto de Ipatinga pudesse ser contemplado (na sétima rodada de lotes de concessões do Governo Federal). Essa é uma negociação que vem sendo realizada junto com a Secretaria de Aviação Civil e com o Ministério da Infraestrutura. Nós ainda não tivemos uma sinalização positiva, mas vamos continuar tentando por acreditarmos que essa possa ser uma saída para atração de novos investimentos para aquele aeródromo”, explicou Marco Aurélio Barcelos. A expectativa é que a sétima rodada de lotes de concessões do Governo Federal ocorra no final de 2021 e início de 2022.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *