Câmara de Ipatinga aprova redução do número de vereadores para 2021

A medida resultará numa economia de R$ 2,5 milhão de reais por ano

IPATINGA – Aprovada por unanimidade proposta de emenda 01/19 à Lei Orgânica do município de Ipatinga, que reduz para 15 o número de vagas para vereadores na próxima Legislatura, que se inicia em janeiro de 2021. Atualmente o Legislativo tem 19 vereadores.

Essa medida foi defendida na Casa pela Mesa Diretora e contava com a assinatura de 7 vereadores. Segundo o presidente do Legislativo, vereador Jadson Heleno, a proposta é fruto de um trabalho conjunto da Câmara de Ipatinga com a 7ª Promotoria do Ministério Público, representado pelo promotor Fábio Finnoti, quando se buscou reduzir o número de vereadores observando o equilíbrio entre receitas e despesas no município e, iremos economizar para os cofres públicos, R$2,5 milhão de reais por ano.

O chefe da procuradoria da Câmara, Adalton Lúcio Cunha, explica que, por se tratar de Emenda a Lei Orgânica, “a segunda votação da matéria ocorre daqui a 10 dias, quando o plenário poderá revalidar a votação que ocorreu na tarde de hoje”, explicou.

Mais – Ainda na reunião desta segunda-feira (25), o vereador Fabinho do Povo tomou posse como substituto do vereador Wanderson Gandra. Fabinho fica ainda em caráter provisório, haja vista que o detentor da cadeira encontra-se preso, por mais de 30 dias, por ser alvo da operação Dolos, que apura denúncias de irregularidades de retenção de parte dos salários dos assessores parlamentares.

Fabinho, em uso da Tribuna, disse que não se furtará em fazer por merecer os votos a ele confiado e “que dará sempre o melhor de si para que o município continue crescendo e melhorando cada vez mais”, disse o parlamentar.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *