Audiência Pública na CMCF aponta a necessidade do acolhimento de moradores de rua em Fabriciano

FABRICIANO (Foto de Capa Isabela Reis) – Nesta segunda-feira (8) foi realizada na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano, uma Audiência Pública – solicitada pelos vereadores Adriano Martins, Dr. Sandro Araújo e Luciano Lugão – com o objetivo de discutir soluções para as pessoas que vivem em situação de rua no âmbito do município.

Diversas autoridades estiveram presentes e enumeraram as ações que têm sido realizadas nos últimos meses para mitigar o problema. Já o plenário foi ocupado por uma grande quantidade de populares e pessoas engajadas na causa.

Durante a discussão do assunto, todos os presentes foram unânimes em  afirmar que o número de moradores de rua na cidade cresceu consideravelmente e os moradores dos bairros que circundam a área central sofrem com a situação. Conforme apontaram os participantes da audiência, muitas das pessoas que residem nos espaços públicos são usuárias de drogas, bebida e acabam por causar transtornos.

Outro indicativo substancial da audiência é que os moradores de rua  abordam e ameaçam com frequência os transeuntes, geram insegurança e – ao mesmo tempo – colocam suas próprias vidas em risco ao transitar em via pública entre os carros, além de dormirem ao relento e sofrerem com o frio e a fome.

Diante deste cenário adverso, colocado inicialmente na abertura dos trabalhos pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Adriano Martins, colaborado pelos seus colegas Dr. Sandro Araújo e Luciano Lugão, os parlamentares apontaram a dificuldade dos órgãos competentes no momento de ajudar os moradores de rua.

Adriano Martins reconheceu na oportunidade o árduo trabalho que ora vem sendo realizado pelo Centro POP, mas indicou a necessidade de implementação das politicas publicas evitando assim o crescente número dos moradores em situação de rua.

“O problema é crescente em todo o Brasil e estamos sempre recebendo reclamações de pessoas que querem transitar nas ruas e são impedidas por causa de algumas situações específicas. Convocamos a audiência para mostrar a necessidade de incrementar as politicas públicas. Queremos também colocar a Câmara de Vereadores à disposição da Secretaria Municipal de Assistência Social no que for necessário, porque este é um problema que aflige a todos, não escolhendo sexo ou classe social”, comentou Adriano Martins.

O vereador Luciano Lugão fez coro com o presidente da Câmara, vereador Adriano Martins,  afirmando ter percebido que o número de pessoas nas ruas tem aumentado, e com isso, as reclamações da população também. Segundo Lugão, é preciso mudar o quadro. “Essa conversa com as entidades, organizações, nos ajuda a realinhar as ações para termos melhores resultados”, comentou o parlamentar.

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Dr. Sandro Araújo ressaltou que basta circular pelas ruas centrais da cidade e perceberá, no dia a dia, que esta situação é dramática. “É necessário discutir a causa destes moradores, pois não podemos conviver com tantas pessoas em situação de rua, dormindo pelas calçadas, debaixo de marquises, dentro do terminal rodoviário e nas portas das padarias e restaurantes a procura de comida,” concluiu o vereador.

Representantes da Administração Municipal garantiram que o atendimento dado aos moradores em situação de Rua pelo Centro POP, de responsabilidade da prefeitura, é feito com muito zelo, porém funciona com dias e horários limitados: de segunda a sexta até às 17 horas.

PRESENÇA

Além dos anfitriões vereadores Adriano Martins, Luciano Lugão e Dr. Sandro Araújo, participaram do evento o Padre Ronaldo Torre; Secretário de Saúde Ricardo Cacau; Secretária de Assistência Social, Letícia Godinho; representante do Instituto Acolher, Grazielle Telles Quintão;  Capitão Alex e Major Maiquel; coordenadora da saúde mental no município, Rissiane Lima; e a voluntária no atendimento e acolhimento dos moradores em situação de rua, Maria de Lourdes Oliveira. Também estiveram presentes os vereadores Cristiano do Cais, Xingozinho, Beto Cavaleiro, Ronilson Burrinho e Marcos da Luz.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *