Aperam BioEnergia recebe visita da Associação Mineira da Indústria Florestal

REDAÇÃO –  A Aperam BioEnergia recebeu no último dia 14/05 a visita da presidente executiva, Adriana Maugeri, e do advogado Igor Braga, da Associação Mineira da Indústria Florestal (AMIF). O engenheiro mecânico Benone Braga, da área de Desenvolvimento Tecnológico da BioEnergia, foi o responsável pela recepção e organização do roteiro.

Ao longo do dia, os representantes da AMIF tiveram oportunidade de visitar a Empresa e conhecer melhor os processos sustentáveis e tecnológicos para a produção do carvão vegetal. As áreas de Pesquisa e Melhoramento Genético, Produção de Mudas, Controle Biológico de Pragas e Produção de Carvão Vegetal receberam foco especial durante a visitação.

“A AMIF é uma entidade de credibilidade e de representatividade do setor florestal mineiro. Para a Aperam BioEnergia, o momento foi de grande importância, pois permitiu a apresentação do conhecimento in loco dos processos sustentáveis e de inovação adotados pela nossa Empresa”, reforçou Benone Braga.

O advogado Igor Braga destacou a excelente recepção por parte dos empregados. Como um dos principais momentos da visita, o representante da AMIF ressaltou a oportunidade de conhecer o novo queimador de gases. “O equipamento elimina a fumaça resultante da produção, tornando-a quase imperceptível”. Para o advogado, a instalação foi um passo importante para a BioEnergia e para o setor, e enalteceu a constante busca por inovações tecnológicas como uma característica da Empresa.

FAP 2000 e Novo Queimador

Em funcionamento desde 2018, na Unidade de Produção de Energia Renovável (UPER) Palmeiras, a Aperam BioEnergia conta com o FAP 2000 – maior forno do mundo para a produção do carvão vegetal; e o novo queimador de gases, capaz de reduzir a emissão de fumaça na atmosfera.

O FAP 2000 tem capacidade de processar 2 mil metros cúbicos de madeira, uma capacidade três vezes maior que a tecnologia do RAC 700, até então o maior do segmento. Com isso, a Aperam BioEnergia supera a própria marca de possuir o maior forno do mundo para a produção do carvão vegetal. O resultado da produção mensal tem estimativa de atingir 410 toneladas.

Integrados ao sistema automatizado de gestão da UPER, esses equipamentos colocam a Empresa e a região do Jequitinhonha em uma posição de destaque por utilizar tecnologias inovadoras, sofisticadas e sustentáveis.  O aparato tecnológico, aliado ao empenho e atuação dos profissionais que atuam no local, traz como resultado um produto final de maior qualidade, com ganhos em padronização e custo do carvão vegetal.

Pioneirismo na tecnologia de mudas clonais

Outra área que recebeu amplo interesse durante a visitação foi a de Pesquisa e Melhoramento Genético. A Aperam BioEnergia tem imenso orgulho de ser pioneira na tecnologia de mudas clonais e de possuir um Programa de Melhoramento Genético de grande sucesso. Há 44 anos, a Empresa desenvolve estudos de introdução de espécies e procedências, buscando encontrar o melhor material genético para suas plantações de Eucalyptus. Os bons resultados garantiram à unidade autossuficiência na produção de híbridos e na sua clonagem.

Desde o início do programa de Melhoramento, a Empresa é referência na seleção de indivíduos superiores e na manutenção da variabilidade genética. Atualmente, a Empresa é uma das empresas que possuem maior número de clones protegidos, um total de 19 clones.

 

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *