Torneio de Integração une patrulha escolar em escola de Fabriciano

FABRICIANO – A Patrulha Escolar do 58º Batalhão da Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura de Coronel Fabriciano e a Secretaria de Governança Educacional, realizou nesta quinta-feira, 05, às 8h, na quadra da Escola Municipal Argeu Brandão, o Torneio de Integração com alunos do sexto ao nono ano. A competição tem como finalidade integrar a Polícia Militar junto à comunidade escolar e promover o respeito mútuo.

Desde o mês de março, a patrulha vem desenvolvendo na escola Argeu Brandão trabalhos de conscientização e orientação por meio de palestras sobre a violência, drogas e segurança do aluno dentro e fora da escola. O torneio é realizado com alunos dos anos finais e policiais, formando quatro times mistos de futsal, concluindo a etapa de palestras e firmando a parceria com a comunidade escolar. A final do torneio ocorre no mesmo dia, se encerrando com entrega de medalhas aos competidores.

“As atividades desenvolvidas, vão de encontro às metas propostas no nosso plano de trabalho, a implementação de políticas que visem à inclusão do aluno na sociedade; resgatando valores que se desfizeram com o tempo, como o civismo, o respeito ao próximo, os valores de cidadania e a responsabilidade para com nossa comunidade em questões como prevenção contra uso de drogas, a prática de modalidades esportivas como essencial para a saúde”, afirma o diretor da escola, Iranildo Antônio.

Desde o início de 2014, a Patrulha Escolar atua preventivamente em 10 escolas públicas do município de Coronel Fabriciano. Em menos de um ano, o trabalho gerou resultados positivos, como a redução de ocorrências no interior e nas redondezas da escola em mais de 50%, segundo dados fornecidos pelo site da Polícia Militar.

A patrulha escolar é uma equipe da PM com uma atuação exclusiva nas escolas, com foco em segurança pública e prevenção. Fazemos acompanhamento da entrada e saída dos alunos, acompanhamento dos recreios, patrulhamentos nas mediações das escolas e participamos de reuniões com pais e alunos que possuem histórico de indisciplina”, explica o Cabo Marques, representante da Patrulha.​

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *