SURTO DE SARNA: Três escolas de Fabriciano estão com aulas suspensas

FABRICIANO – Depois de suspender as aulas por uma semana em uma escola infantil do Bairro JK em Coronel Fabriciano, devido à contaminação de crianças e professores com “sarna” (escabiose), a Secretaria Municipal de Educação suspendeu também as aulas em mais duas escolas devido à doença.

Com informações obtidas com exclusividade pelo JBN, vários casos da doença estão confirmados. Uma professora que pediu para não ser identificada e que está se tratando da doença, disse que a situação é preocupante. “A secretaria de Educação demorou tomar providências para o caso”, disse.

Em função do problema, mesmo antes da suspensão das aulas, algumas famílias já evitavam enviar os filhos para a escola com medo de contaminação. Por precaução, algumas mães se revezam para manter as crianças em casa.

“Meu filho está praticamente de férias. Do jeito que anda a situação, eu não pretendo levá-lo à escola. Eu tenho uma filha menor, de um ano, que ainda não vai para a escola, não posso colocar a família toda em risco”, diz uma mãe que recebeu um comunicado da prefeitura sobre a limpeza intensiva nas escolas no próximo dia 23.

O filho de M.A.S.C.  também está matriculado em uma destas  escolas e ela admite temer pela saúde da criança. “Eu não tenho coragem de mandar para aula, por conta do surto mesmo, porque eu acho que vai demorar bastante a terminar e não depende da gente”, diz.

Na prefeitura conseguimos a informação que no dia 23 as aulas estarão suspensas em todas as escolas. A administração municipal estará capacitando todos os professores do 1º ao 9º ano. Ao mesmo tempo a prefeitura está propondo limpeza geral nos educandários com base nos focos de sarna (escabiose) detectado em 3 CMEIs da rede municipal de ensino.

Na Secretaria de Saúde do município, recebemos uma informação não oficial de que o prefeito Marcos Vinicius determinou a realização de uma reunião com os pais dos alunos para dar orientações sobre os cuidados necessários em casa para conter a doença.

A fonte do JBN informou também que a Secretaria da Saúde colocará à disposição das famílias servidores para um acompanhamento, referente à atenção às roupas de cama, com as roupas íntimas das crianças, com o ambiente arejado, os objetos de uso pessoal, para evitar a proliferação da escabiose.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *