Aulas continuam suspensas em três escolas. Prefeito de Fabriciano afirma que sarna é caso isolado

FABRICIANO – Com aulas suspensas em três escolas desde última semana, devido à contaminação de crianças e professores com “sarna” (escabiose), conforme matéria publicada com exclusividade pelo JBN, o prefeito Marcos Vinícius, em nota, disse nesta quarta-feira (21), que não existe epidemia de sarna em Fabriciano. O chefe do Executivo Fabricianense afirmou que os casos registrados são isolados.

Com informações obtidas com exclusividade pelo JBN, vários casos da doença estão confirmados. Uma professora que pediu para não ser identificada e que está se tratando da doença, disse que a situação é preocupante e que a Secretaria de Educação demorou tomar providências para o caso.

Em função do problema, mesmo antes da suspensão das aulas, algumas famílias já evitavam enviar os filhos para a escola com medo de contaminação. Por precaução, algumas mães se revezam para manter as crianças em casa.

NOTA DA PREFEITURA

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio do prefeito, Dr. Marcos Vinicius, informa que não há epidemia de sarna nas escolas. Isso foi boato espalhado por pessoas de má fé que insistem em espalhar notícias falsas para prejudicar a cidade e os cidadãos. O que houve foram casos isolados de escabiose (sarna), causada por um ácaro, que infecta a pele e provoca sintomas como coceira intensa e vermelhidão. Doença com alto índice de transmissão, com letalidade baixa, mas afeta indivíduos de qualquer sexo e faixa etária, porém é mais comum em crianças.

A administração municipal reforça que não há epidemia nas escolas, pois é uma doença comum nas crianças, trazida de casa. A população não precisa entrar em pânico. Foram casos isolados, onde a Secretaria de Saúde já providenciou o bloqueio.

Para reforçar a ação, na próxima sexta-feira, 23, os professores passarão por uma capacitação e não haverá aulas nas escolas municipais. A prefeitura vai aproveitar a data para dedetizar promover uma limpeza geral em todas as escolas do município.

SAIBA MAIS

Clique e Leia matéria relacionada com o assunto

Cuidados Gerais para evitar o contágio

É bastante difícil prevenir a sarna humana, já que o menor contato com pessoas infetadas já é capaz de fazer com que o agente seja transmitido. Mas, caso haja um caso na família, é importante que o toque na pele seja evitado ao longo do tratamento e que não sejam compartilhadas roupas ou toalhas. Também poderá ser possível o uso de medicamentos como forma de prevenção para os membros da casa do paciente. Vale investir em uma alimentação mais saudável para aumentar a imunidade e fazer com que o tratamento seja mais eficaz.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *