4º Seminário de Educação Inclusiva do Unileste  debate surdocegueira

FABRICIANO – O Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste) irá realizar neste sábado (1º), por meio do Núcleo de Educação Inclusiva (NEI), a quarta edição do Seminário de Educação Inclusiva: Compreender para incluir. O evento é aberto aos professores da educação infantil, básica e superior, profissionais de apoio e da área da saúde, discentes dos cursos de licenciaturas e demais interessados e acontece a partir das 9h no campus de Coronel Fabriciano.

A programação será aberta no Teatro João Paulo II, com a palestra “Surdocegueira: Uma condição única”, ministrada pela Educadora social da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos de Minas Gerais (FENEIS) e representante da Associação Brasileira dos Surdos e Cegos (ABRASC), Lara Gontijo de Castro Souza. Os interessados em participar do evento podem efetuar a inscrição pelo link abaixo, enquanto os alunos do Unileste devem realizar a inscrição por meio da página “Aluno Online”, na aba de atividades curriculares.

Dando sequência na programação para o dia, às 13h30 acontece a oficina “Meios de Comunicação com Surdocegos” na sala 101, do Bloco V. Além disso, a organização do Seminário estará recolhendo, durante o credenciamento que acontece a partir de 8h30, caixas de leite a serem doadas para instituições carentes. O Unileste irá realizar a transmissão ao vivo do evento em sua página oficial do Facebook (@UnilesteOficial).

A Coordenadora do NEI, Denise Matias, ressalta a importância social da iniciativa. “O Seminário surge a partir da emergência de apresentar à comunidade um espaço de discussão sobre a temática “Surdocegueira”, proporcionando aos participantes momentos de discussão e aprendizagem, de forma a fortalecer a inclusão em outras esferas sociais”, afirma.

 Núcleo de Educação Inclusiva (NEI)

O Núcleo tem como objetivo planejar, implementar e executar ações e políticas de garantia e defesa dos direitos da pessoa com deficiência. O NEI identifica as necessidades individuais dos colaboradores e alunos, viabilizando acesso, entrada e permanência na graduação e mercado de trabalho, garantindo condições de acessibilidade, atendimento prioritário e diferenciado para a utilização e autonomia total ou assistida dos espaços, respeitando as peculiaridades e limitações de cada deficiência, a fim de promover a inclusão.

O NEI inclui apoio e atendimento às dificuldades de natureza didático-pedagógica e/ou psicológica. É também função da área auxiliar, orientar e sensibilizar docentes, coordenadores e demais colaboradores administrativos, oferecendo informações acerca da legislação, normas educacionais e trabalhistas que assegurem a inclusão dos alunos com deficiência no contexto social, cultural e educacional. O Núcleo busca colaborar, efetivamente, para a inclusão da pessoa com deficiência em todos os nossos espaços.

Serviço

4º Seminário de Educação Inclusiva

Local: Unileste – Coronel Fabriciano

Data e horário: 1º de setembro | 9h às 17h

Inscrição: https://goo.gl/UqQ6Pm

Programação:

9h – Credenciamento

9h30 – Abertura

10h – Palestra “Surdocegueira: Uma condição única”, no Teatro João Paulo II

Palestrante: Lara Gontijo De Castro Souza – Educadora social da FENEIS de Minas Gerais e representante da ABRASC

13h30 – Oficina “Meios de Comunicação com Surdocegos” – Sala 101, Bloco V

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *