Profissionais de Saúde de Timóteo serão proibidos do uso de equipamentos de proteção individual fora do ambiente de trabalho

TIMÓTEO (Foto de capa: Ilustrativa) – A Câmara Municipal de Timóteo aprovou nesta segunda-feira, 17, em sessão ordinária, o projeto de lei de autoria do vereador José Fernando Peixoto (PP) que proíbe o uso, por profissionais da área da saúde, de equipamentos de proteção individual fora do ambiente de trabalho no município de Timóteo. Segundo explicou o autor da preposição, o tema é muito questionado, já que é comum que esses profissionais usem jalecos ou aventais fora das enfermarias, UTIs e consultórios, o que é um perigo já que existe o risco de contágio de doenças que podem se propagar no ambiente interno e externo dos hospitais ou unidades de saúde.

O vereador José Fernando é o autor do Projeto de Lei 

O vereador afirmou que esse assunto vem preocupando a saúde pública. “O meu projeto de lei  vem pra fazer esse alerta e um apelo pra que os profissionais de saúde tenham mais cuidado”, disse José Fernando.

O vereador Ivair Guimarães, se posicionou a favor do projeto e principalmente do impacto que ele vai trazer para a sociedade. “Também faz parte do trabalho dos profissionais da área se preocupar com os riscos de infecção e com a conduta que devem ter para evitar isso”, afirmou Ivair, que também trabalha como socorrista (Bombeiro) da Empresa Cenibra.

A matéria estará de volta na pauta de votação do Legislativo nesta terça-feira (18), durante sessão extraordinária. Na mesma sessão os vereadores apreciarão o PL da reforma administrativa enviado pelo prefeito Douglas Willkys.

PENALIDADES

De acordo com o projeto, as penalidades decorrentes da desobediência à proibição descrita serão imputadas aos profissionais e ao estabelecimento de saúde a que o profissional esteja vinculado e/ou prestando serviço, nos termos do estabelecido no Código de Posturas do Município e/ou na legislação vigente sobre a vigilância sanitária municipal, estadual ou federal.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *