Prefeitura de Timóteo suspende contrato de R$ 37 milhões para prestação de serviços de transportes

TIMÓTEO – O prefeito Douglas Willkys (PSB), suspendeu a licitação de R$ 37 milhões promovida pela Gestão do ex-prefeito Geraldo Hilário Torres (PP), com uma cooperativa para prestar serviços de transportes com fornecimento de veículos e equipamentos para atendimento da demanda do Município de Timóteo. Segundo apurado pela reportagem do portal JBN este mesmo serviço já foi prestado para o município em valor de aproximadamente R$ 6 milhões, no ano de 2012.

O ex-prefeito Geraldo Hilário fez a licitação. O ex-prefeito interino Adriano Costa Alvarenga, assinou o contrato.
DO CERTAME

O certame (licitação) aconteceu no dia 01 de março de 2018 para contratar uma empresa responsável para prestar serviços de transportes com fornecimento de veículos e equipamentos, com e sem condutor, com e sem fornecimento de combustível, incluindo manutenção preventiva e corretiva, reposição de peças, seguro e rastreador veicular integrado ao sistema de gerenciamento de frota.

O documento também mostra que seriam contratados 287 veículos entre motocicleta, hatch standart, sedan, sedan executivo, veículo de uso misto com 3 portas laterais, veículos de carga leve, ambulância, minivan com capacidade mínima para 7, 9 e 16 lugares, van, micro-ônibus com capacidade mínima para 21 lugares, furgão de carga, UTI móvel e picks (fumacê).

Fato que pode justificar o valor exorbitando da compra é o item 3.1 do edital da ata de registro de preso que permite a carona para outras prefeituras. “Durante sua vigência, a Ata de Registro de Preços poderá ser utilizada por qualquer órgão ou entidade da Administração Pública, que não tenha participado do certame licitatório, mediante prévia consulta ao órgão gerenciador, desde que devidamente comprovada à vantagem”.

ASSINATURA DO CONTRATO 060/2018

No dia 29 de maio, o prefeito interino Adriano Alvarenga (PMB), assinou o contrato 060/2018 que entraria em vigor no último dia 23/07, na gestão do atual prefeito Douglas Willkys.

O JBN questionou nesta sexta-feira a Prefeitura de Timóteo sobre o assunto, mas foi informado que na próxima semana o chefe do Executivo Municipal irá conceder uma entrevista coletiva para explicar a decisão de suspender a licitação de transporte.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *