Prefeito chama DNIT para uma caminhada e aponta demandas de segurança em Cachoeira do Vale

Na pauta questões como a implantação de sinalização para melhorar a segurança dos moradores, além de obras físicas

TIMÓTEO – Como forma de viabilizar uma série de obras físicas e intervenções na segurança dos moradores do distrito de Cachoeira do Vale, o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, aproveitou a presença na região do superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Minas Gerais, Fabiano Cunha, para apresentar as demandas para aquela comunidade. O superintendente do Dnit esteve no Vale do Aço para a assinatura da ordem de serviço da reforma da antiga ponte sobre o rio Piracicaba, na divisa entre Timóteo e Coronel Fabriciano.

Na manhã desta terça-feira (27), Douglas e Fabiano percorreram alguns pontos em Cachoeira do Vale que necessitam de obras de melhorias. O distrito é cortado pela BR-381, rodovia federal cuja jurisdição está sob a responsabilidade do Dnit. O prefeito e o superintendente do órgão federal estavam acompanhados por técnicos das duas instituições.

A visita teve início pelo trevo da sinterização, no Núcleo Industrial, onde foi colocada a necessidade de melhoria da sinalização e construção de uma rotatória, especialmente para garantir aos motoristas o acesso com mais segurança a Estação Ferroviária Mário Carvalho e para o bairro Centro Norte e ao distrito de Cachoeira do Vale.

Também foram solicitadas ações que garantam a segurança próxima à Escola Estadual João Cotta de Figueiredo Barcelos e da Escola de Educação Infantil João Bolinha. A construção de um muro de arrimo na rua Espírito Santo, paralela à BR-381, também foi tema das conversações, assim como a sinalização com placas no trecho que faz a ligação do município a Jaguaraçu e Belo Horizonte.

“Como se trata se uma rodovia federal, o Município tem dificuldades de promover ações na via, por isso a nossa gestão junto ao Dnit para, de forma conjunta, realizarmos essas ações”, destacou o prefeito Douglas Wilkys. O superintendente do Dnit, por sua vez, se prontificou a receber uma equipe da Prefeitura na sede do departamento em Belo Horizonte para discutir as reivindicações, definindo o que pode ser feito pelo órgão federal e o que cabe ao município providenciar.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *