Ipatinga será sede para Audiência Pública que discute a renovação da EFC e EFVM

IPATINGA – A primeira audiência pública, realizada pela ANTT, para tratar da renovação antecipada da concessão da Estrada de Ferro Carajás (EFC), foi realizada no último dia  27 de agosto, em Belém (PA). No próximo dia 12 de setembro, o Edital 08/2018, do Ministério dos Transportes, comunica que realizará Audiência Pública, em Ipatinga, no horário de 8h30 às 12h, no Hotel San Diego, com o objetivo de colher subsídios, com vistas ao aprimoramento dos estudos para a prorrogação do prazo de vigência contratual da concessionária da Estrada de Ferro Vitória Minas – EFVM.

O presidente Luciano Lugão e o líder de governo, vereador Adriano Martins, receberam os representantes da Vale do Rio Doce.

O políticos da região Metropolitana do Vale do Aço e do Leste de Minas Gerais estão sendo convocados para este evento, que segundo informações do presidente da Câmara de Fabriciano, vereador Luciano Lugão, a participação maciça das autoridades constituídas será de fundamental importância, já que a próxima concessionária da estrada poderá explorar as riquezas em Minas Gerais e realizar investimentos na expansão da ferrovia em outros estados.

“Isso é muito grave. Não podemos permitir que tal fato seja concretizado”, avisou o presidente da Câmara Luciano Lugão, que informou sobre uma importante reunião de trabalho na última semana, com representantes da Vale do Rio Doce, na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano.

QUESTIONAMENTOS – Tocadas a ritmo acelerado pela ANTT, a renovação dos contratos de concessões das ferrovias está sendo questionada pela Procuradoria Geral da República junto ao Supremo Tribunal Federal. No dia 13 de agosto, a procuradora-geral, Raquel Dodge, propôs Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Lei 13.334/2016, que estabelece requisitos para a prorrogação antecipada das concessões ferroviárias. A PGR afirmou que os requisitos previstos na lei são insuficientes para assegurar a prestação de serviço adequado pelas concessionárias, o que pode provocar prejuízo ao interesse público e aos usuários do transporte ferroviário.

No fim de julho, a ANTT divulgou um cronograma referente ao processo de renovação dos contratos da EFVM e EFC. Segundo a agência, o relatório final das audiências públicas deveria ficar pronto entre setembro e outubro. O protocolo do Tribunal de Contas da União (TCU) – última etapa antes da assinatura do termo aditivo pelo governo – está previsto para novembro.

CALENDÁRIO – A Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) também já tem o calendário de audiências públicas divulgado no site da ANTT. Estão marcadas quatro sessões: em Belo Horizonte (MG), no dia 10 de setembro; em Ipatinga (MG), no dia 12 de setembro; em Vitória (ES), no dia 14 de setembro; e Brasília (DF), no dia 18 de setembro. O período para envio de contribuições vai até às 18h do dia 24 de setembro.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *