Ações da Prefeitura de Fabriciano faz diminuir em 99% os casos de arboviroses

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, informa que nas últimas semanas, os números de arboviroses diminuíram significativamente em decorrência da estação do ano e das ações que a Prefeitura realiza em toda cidade.

Os números, divulgados pela Vigilância Epidemiológica, mostram que durante a 16ª semana do ano, em abril, o município chegou a confirmar 250 casos de dengue e 429 casos de chikungunya. Já em junho, na 25ª semana, os números caíram significativamente para oito casos de dengue e 13 de chikungunya, uma redução de aproximadamente 96%.

A partir da 27ª semana de julho para a 2ª semana de agosto, os números caíram ainda mais: entre os dias cinco e dez de agosto o município contabilizou apenas um caso de dengue e três de chikunkunya. Constatando uma queda de 99%, se comparado ao mês abril deste ano.

Os números apresentados são uma conquista para Coronel Fabriciano, pois a cidade possui clima e condições propícias para a proliferação do mosquito o que torna o combate ainda mais difícil.

A Gerente de Vigilância em Saúde, Vania Tavares, afirma que atualmente a doença está controlada, mas reforça a participação da população na luta contra o Aedes aegypti. “A gente alerta a população à estar sempre em alerta contra as arboviroses durante o ano todo. É muito importante que cada morador tire alguns minutos para fazer a vistoria em sua residência. São medidas simples que podem acabar com o mosquito” garante.

O Município intensifica desde o início do ano as ações de combate ao Aedes aegypti, como a passagem de 11 ciclos do Fumacê, em todos os bairros da cidade, fazendo a aplicação do UBV em horários específicos. Além disso, agentes de saúde utilizaram o UBV Costal para alcançar lugares de difícil acesso, como becos e escadarias. Mutirões de limpeza e visitas às residências também continuam sendo uma das formas de eliminar os focos de proliferação do mosquito.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *