COMUNICADO DA PREFEITURA DE TIMÓTEO

TIMÓTEO (Foto PCReis) – Em reunião ocorrida nesta terça-feira (03/04) com a Comissão Parlamentar de Educação, a Comissão parlamentar de Valorização dos Servidores, a Comissão de Professores da Rede Municipal e representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – Sinsep, e o Governo Municipal, em que o Prefeito de Timóteo, Dr. Geraldo Hilário, fez questão de mediar o encontro, juntamente com os secretários  de Planejamento, de Administração, e de Educação, Todos, repita-se, Todos os pontos da pauta foram debatidos e retirados encaminhamentos.

Confira:

– Eleição direta para diretores de escolas do município. Ocorrerão no segundo semestre deste ano.  Lei sancionada pelo Prefeito Dr. Geraldo Hilário em 2017.

– Revogação do Decreto número 4971, relacionado aos professores P3 que

passarão a receber efetivamente pelas aulas ministradas.

– Revisão do Estatuto dos Servidores de uma forma global, incluindo a reserva de 1/3, além da análise da viabilidade jurídica de uma nova prorrogação da validade do Concurso Público edital 01/2014.

– Foi Criado Grupo de Trabalho para desenvolver a pauta acertada com os trabalhadores. A comissão é composta por dois vereadores, dois professores, dois representantes da Administração Municipal e dois do Sindicato dos Servidores.

–  Agenda Positiva , Já havia reunião marcada para esta sexta-feira (06/04) para tratar da eleição de diretores e vice-diretores e convênio com a Undime para análise do plano de carreira dos servidores e demais demandas.

Entretanto, em 04/04,  fomos surpreendidos com a decisão do Sindicato dos Servidores, que mesmo com o diálogo em aberto, em franco progresso,

optou pelo caminho da greve, impedindo a continuidade da negociação.

Infelizmente, o prejudicado pela atitude do Sindicato é o aluno, o pai do aluno, a família e a comunidade. Este tipo de atitude, desrespeitosa com todos os envolvidos, não pode ser aceita. Não é hora de condutas de cunho político, desta política com p minúsculo. A hora é do diálogo e não da paralisação das atividades das escolas.

Estamos sempre à disposição para o diálogo. Assim é a Administração:  Primeiro as Pessoas. Pagar em dia é obrigação sim. Mas só este Governo leva isto a sério: 15 meses de Governo, 15 meses de pagamento de salários antecipado.

05/04/2018

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *