Blitz marca Dia da Luta Antimanicomial em Timóteo

TIMÓTEO – O município de Timóteo participou, nesta sexta-feira (18), do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial, que defende uma nova forma de tratar e conviver com o indivíduo que apresenta sofrimento mental, priorizando o atendimento ambulatorial e o fim dos manicômios. Em Timóteo, a data 18 de maio – escolhida em 1987 no Congresso de Trabalhadores de Saúde Mental realizado em Bauru/SP –foi lembrada com uma blitz educativa e a instalação de uma tenda com informações e serviços na Praça do Olaria, além da apresentação da Banda Brasil Excepcional da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Timóteo.

O evento foi uma promoção da Secretaria de Saúde, por meio do Centro de Saúde Mental, em parceria com APAE, e visou trazer a conscientização de restabelecer o paciente com sofrimento mental e inseri-lo na cultura e dinâmica social. Para isso, o Centro de Saúde Mental oferece o tratamento ambulatorial e disponibiliza uma equipe multiprofissional para o atendimento mais humanizado, buscando evitar as internações.

A proposta do Movimento da Luta Antimanicomial é priorizar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde e equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF)  e nos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), formando uma rede de atenção psicossocial, com vistas à inclusão do usuário na convivência sócio-familiar, entendendo-o como cidadão.

A equipe multiprofissional conta com psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, psiquiatra e profissionais de enfermagem, além da estrutura do Centro de Saúde Mental, que funciona na Rua João Alves de Azevedo, nº 13, Olaria. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, de 7h às 18h. O telefone de contato é 3848 1077 e 3847 76 44.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *