A novela da construção de passarela. Moradores do Nova Esperança ameaçam fechar a 381 e linha da Vale

TIMÓTEO – Os moradores dos Bairros Nova Esperança e Alegre, na regional Leste da cidade de Timóteo,  sinalizam uma manifestação com a paralisação da BR-381 e da linha férrea da Vale do Rio Doce, para cobrar a construção de uma passarela ligando os dois bairros. O que era perigoso com a presença da linha férrea ficou ainda pior com a chegada da construção do traçado da BR-381 que divide as duas comunidades.

O idoso Pedro Vargas foi uma das vítimas de atropelamento na BR-381.

Ilhados pela velocidade dos veículos que trafegam dia e noite na BR-381, os moradores não sabem a quem  recorrer. Paralelo à rodovia também está à linha da Vale do Rio Doce, que além do risco por atropelamento, as comunidades são obrigadas a conviverem com a poluição deixada pelos vagões carregados de minério.

O número de mortes e acidentes na linha férrea e na BR-381 é incontável. O medo de atropelamento atormenta algumas famílias. Rosária Maria, que guarda imensa saudade da filha, tem pavor de atravessar a rodovia. “Não vou sozinha. Só vou com uma companhia”, afirma.

Rondineli Gonçalves, conduzia o veículo Peugeot, placas IAE-2685, quando colidiu frontalmente com um caminhão, placas OQC-4817, de Cláudio (MG). Acidente ocorrido em 20.01.2015.
Vereador Ivair Guimarães

PROMESSA
Segundo informou os moradores, vários políticos usam a necessidade da instalação da passarela como palanque nas eleições. “São apenas promessas. Estamos aqui ilhados e com muito medo”, disse Antônio Liberato, que também informou a importância de um radar na rodovia para limitar a velocidade, colocado após muitos protestos dos moradores.

O vereador Ivair Guimarães (PSB), majoritário na Regional Leste, informou que esteve reunido com o gerente do DNIT em Governador Valadares, responsável pelo trecho onde será construída a passarela. Segundo Ivair, o gerente de nome Ricardo, disse que a passarela está contemplada na duplicação da BR-381, mas sem previsão de execução, devido a uma correção no projeto da obra.

PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO – Perto de completar cinco anos (24.01.2014) o vereador Ivair Guimarães juntou-se a manifestantes que queimaram pneus e interditaram os dois sentidos do contorno rodoviário da BR-381, no trecho entre as cidades de Timóteo e Coronel Fabriciano. O grupo ocupou a pista ainda de madrugada, por volta das 4h. Com cartazes e faixas, os moradores reivindicam a instalação de uma passarela e outros acessos à rodovia.

Na ocasião, Ivair disse que a comunidade havia perdido a paciência. O vereador já admitia o perigo da rodovia e da estrada férrea para crianças e idosos que realizam a travessia.

Não conseguimos contato com a Vale e com DNIT.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *