Câmara de Fabriciano devolve R$ 421 mil a prefeitura, para investir no hospital Dr. José Maria Morais

FABRICIANO – Na tarde desta quinta-feira (21), durante entrevista coletiva, na Prefeitura de Fabriciano, o presidente da Câmara Municipal, vereador Leandro Xingó, o Xingozinho, entregou de maneira oficial ao prefeito Dr. Marcos Vinicius, a quantia de R$ 421 mil, resultante de uma sobra do orçamento anual da Câmara, dinheiro repassado pela prefeitura como prevê a Lei Orgânica Municipal. Por indicação do presidente Xingozinho e dos demais vereadores, o dinheiro devolvido será totalmente investido no hospital Dr. José Maria Morais.
A intenção do prefeito é o de reforçar o caixa do hospital, que amarga uma grave crise financeira devido à falta de três para quatro repasses de recursos por parte do Governo Estadual. Na pactuação feita em maio, quando a Prefeitura assumiu a gestão do hospital e reivindicou gestão plena nos recursos da saúde, ficou acertado o repasse de R$ 1.1 milhão mensalmente pelo Governo de Minas, “mas há quase 4 meses nenhum centavo é depositado”. A dívida do estado com o município pode totalizar R$ 4,4 milhões até o final do mês de dezembro.
Segundo o prefeito, que já esteve em Brasília uma dezena de vezes este ano em busca de recursos, o hospital está sendo mantido graças aos repasses do Governo Federal e ao uso do caixa municipal. “Se dependesse apenas dos recursos do Estado, o hospital já estaria fechado novamente”, destacou o prefeito.
“Independente dos problemas, o município tem alcançado conquistas importantes para a população. Nós estamos oferecendo um mutirão de cirurgias. Fizemos mais de 300 este ano e, para o mês de Janeiro, estão programadas aproximadamente 900 cirurgias de catarata. Estamos há três meses sem o repasse do governo do Estado, e essa verba que vem da Câmara será de extrema importância”, disse em tom de agradecimento ao Legislativo.
FALTA REPRESENTATIVIDADE
Para o presidente Xingozinho, a importância devolvida é uma questão de responsabilidade. A economia imposta no Legislativo durante o ano de 2017 contou com a colaboração de todos os vereadores e funcionários. “Temos como certa a aplicação dos recursos da devolução na área de saúde. Foi uma indicação da nossa parte que imediatamente foi acatada pelo prefeito Dr. Marcos Vinicius”, explicou o presidente, criticando a falta de iniciativa dos deputados da região no que se refere à falta de repasse do governo estadual ao hospital José Maria Morais. “Estamos com o nosso hospital em crise porque o Vale do Aço não tem representatividade na esfera estadual”, alfinetou.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *