sábado, março 2, 2024
DestaquesPolítica

Usuários da Medicina do Trabalho da Prefeitura de Fabriciano reclamam da infraestrutura

Cadeiras quebradas

Fabriciano – Quem procura o Setor de Medicina do Trabalho da Prefeitura de Coronel Fabriciano, na Rua Doutor Querubino, 423, encontra uma situação vexatória, muito diferente do visual que se tem do pomposo e confortável prédio de vidro da prefeitura. A Medicina do Trabalho fica bem atrás do RH.

O mato tomou conta do que seria um jardim
O entulho ao fundo depõe contra o bom visual que deveria ter o local

Um usuário que sugeriu a pauta relatou para o JBN nesta quinta-feira (25), que a Medicina do Trabalho se tornou um conjunto de erros e de uma tremenda falta de respeito. Segundo ele, lá as normas para evitar a contaminação da Covid-19 não existe. “Não tem distanciamento social; o mato está assustador; cadeiras quebradas e no sol. Ficamos torando no calor a espera do atendimento”, relatou o leitor do JBN que pediu para não ser identificado.

Outro fato que revolta os usuários na Medicina do Trabalho da Prefeitura, além da precariedade das instalações, é a espera por atendimento, que acaba maltratando ainda mais os pacientes. “Aqui não tem jeito, porque não temos outra saída. As instalações no geral é a pior possível”, afirmou o leitor, que convidou o prefeito Dr. Marcos Vinicius para que faça uma visita ao local.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *