Ipatinga adere ao “Movimento 100+”, para cobrar do Estado atenção em relação ao combate à Covid

IPATINGA – O prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, e o secretário de Governo, Roberto Soares, receberam na tarde desta quarta-feira (14) o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, que está à frente do Movimento 100+”. A iniciativa reúne prefeitos dos municípios mineiros com população acima de 100 mil habitantes com o objetivo de cobrar do governo de Minas mais atenção em relação ao combate à Covid-19.

Em seu contato com os gestores Ipatiguenses, Daniel Sucupira informou que já agendou um encontro presencial na sexta-feira (16), em Belo Horizonte, entre os prefeitos que integram o “Movimento 100+”, com o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus Filho (PV); o Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior, e o Secretário de Estado de Saúde, Fábio Bacherretti.

Na oportunidade, o prefeito Gustavo Nunes recebeu também uma cópia de Nota Pública que será entregue às autoridades com quatro reivindicações principais para o enfrentamento à Covid-19 pelos municípios. Além do aumento da quantidade de vacinas, são pleiteados no documento mais leitos UTI Covid-SUS nas cidades que atendem pacientes das macrorregiões de saúde, medicamentos e outros insumos para os hospitais.

“Estamos empenhados desde o início do nosso governo em resolver os problemas relacionados à pandemia. Temos grande  interesse em imunizar toda a nossa população o mais rápido possível, e não vamos medir esforços para que isso aconteça. Vamos buscar juntos, irmanados no “Movimento 100+”, recursos para recebermos mais doses de vacinas”, disse Gustavo Nunes.

Já o prefeito de Teófilo Otoni diz que o movimento é um pedido de socorro dos municípios, porque a situação de combate à Covid-19 nessas cidades e nas macrorregiões de saúde de que fazem parte é crítica, sendo necessário o aumento de repasse dos governos federal e estadual para assegurar o pleno funcionamento dos serviços públicos de saúde, bem como os demais serviços essenciais à população.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *