Defesa Civil de Ipatinga alerta para continuidade de chuvas até domingo

IPATINGA – A Defesa Civil de Ipatinga alerta à população quanto à previsão de altas precipitações pluviométricas para os próximos dias. Desta quinta-feira (11) até domingo (14), a previsão é de que chova cerca de 105 mm no município. Apenas nas últimas 12h, foram contabilizados 96 mm de chuvas na cidade.

Equipes da Defesa Civil, ligadas à Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã (Sescon), da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) e Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) estão nas ruas desde a madrugada desta quinta-feira (11), mobilizadas para gerir e solucionar todas as ocorrências de danos causados pelas chuvas.

A Defesa Civil segue monitorando as áreas já mapeadas como sendo locais de risco, e realizando atendimentos emergenciais por toda a cidade. Contudo, até o momento, há registros apenas de danos materiais. Os chamados mais recorrentes são de deslizamentos de encostas, quedas de barreiras, obstrução de vias públicas, bocas de lobo e queda de árvores.

Na área urbana, um dos problemas mais sérios é o surgimento de rachaduras na pista da alça de acesso da avenida Maanaim à avenida Carlos Chagas, forçando a interdição embaixo do viaduto entre os bairros Iguaçu e Cidade Nobre, por questão de segurança, até a realização de reparos necessários no solo.

Na área rural, desmoronamento de encostas e carreamento de barro devido às fortes chuvas deixaram intransitável o acesso às regiões do Ipanemão, Ipaneminha e Pedra Branca. Máquinas e homens continuam trabalhando no local para desobstrução da estrada em pontos mais críticos. O serviço se prolongará pelo final de semana.

O leito do ribeirão Ipanema e de outros cursos d’água no município, além do encontro do rio Doce com rio Piracicaba, também estão sendo monitorados. Outro dado alentador é que não há registros de pontos de alagamento atuais na cidade em função de enchentes.

“A Defesa Civil trabalha em regime de plantão 24h, e atua preventivamente nos locais onde há maior incidência de problemas em períodos chuvosos. O trabalho preventivo facilita para que em situações críticas possamos agir com mais tranquilidade. As famílias são orientadas em relação ao que fazer no caso de algum sinistro de natureza grave, como deslizamentos de taludes e/ou alagamentos. Contamos ainda com o crucial apoio do Corpo de Bombeiros, que é um aliado na ação de prevenção e ação de riscos na cidade”, destaca Décio Camargos, secretário da Sescon (Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã).

Em situações de urgência vivenciadas, a Defesa Civil deve ser imediatamente acionada. Os telefones de contato são 3829-8414 e 199. Os Bombeiros atendem no 193.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *