Foi sepultada em Timóteo, Medianeira Almeida, presidente da Escola de Samba Império da Sede

TIMÓTEO – Morreu nesta quarta-feira (24) a carnavalesca Medianeira Maria de Almeida, 68 anos, presidente da Escola de Samba Império da Sede, e vice-presidente da Guarda de Moçambique de Timóteo. Medianeira faleceu na madrugada desta quarta-feira vítima da Covid-19, no hospital e Maternidade Vital Brazil.  Ela deixa quatro filhos e  milhares de amigos. O corpo foi sepultada no Cemitério Jardim da Saudade.

Medianeira, com Everton Magro e a esposa Carla, durante a festa do Rosário da cidade de Ferros MG

Mesmo não tendo velório, foi realizado um pequeno cortejo que reuniu  o som dos tambores, cantoria da cultura popular Afro Brasileira e sambas enredos da Unidos do Quitandinha.

O presidente da Escola de Samba Império da Sede e Mestre da Guarda de Moçambique de Timóteo, Luis Fabiano dos Santos, lamentou o falecimento da carnavalesca, dizendo que a cultura do município perdeu uma pessoa de muita dedicação. “É um dia muito triste”, resumiu.

Medianeira era Filha de dona Xista e de Joaquim Cirilo, o Sr. Quincão, um dos fundadores da primeira escola de samba do município “Alegria, Alegria”, que deu origem a Escola de Samba Unidos do Quitandinha. Medianeira chegou a presidir a agremiação, carinhosamente denominada de “escola samba no pé”. Sempre foi atuante nos movimentos culturais do município, defendendo as tradições populares.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *