quarta-feira, fevereiro 21, 2024
CidadesDestaques

Sem a fiscalização da prefeitura, Autotrans tenta desativar o sistema de integração na rodoviária

A empresa simplesmente arrancou as roletas do sistema de integração.

Timóteo – O que deveria ser um benefício para os usuários do Sistema  de Integração do Transporte Coletivo, em funcionamento no terminal rodoviário de Timóteo, oferecendo as pessoas o deslocamento  entre os bairros da cidade pagando somente uma tarifa pela viagem, atualmente se tornou uma expressiva falta de respeito com a população do município. Sem a efetiva fiscalização da prefeitura, a empresa Autotrans/Saritur ‘pinta e borda’ na cidade, desobedecendo a um contrato firmado com o município. O sistema está em funcionamento precário e com muita reclamação desde janeiro de 2015.

Neste domingo o JBN recebeu inúmeras denúncias de que a empresa simplesmente arrancou as catracas desativando sem falar nada com a permissionária, no caso a prefeitura, a integração no terminal rodoviário. Outro fato preocupante ocorrido neste domingo, denunciado pelos usuários, é de que a integração está acontecendo  somente no cartão de passagem, ou seja, quem pagar em dinheiro não terá direito a integração.

No início da tarde a empresa retornou com as roletas.

O Sistema de Integração deveria funcionar da seguinte maneira: a pessoa sai dos bairros, desce na integração e pode sair ou embarcar, pela porta traseira, no ônibus que seguirá para outro local, sem pagar outra tarifa. Todas as linhas são integradas, inclusive as linhas circulares.

Nas primeiras horas deste domingo, o JBN tentou contato com o prefeito Douglas Willkys (PSB), mas o chefe do executivo timotense não deu retorno.

LEIA MAIS:

“A Bel-Prazer”, Autotrans/Saritur quebra o sistema de integração em Timóteo

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *