sexta-feira, março 1, 2024
DestaquesSaúde

Ipatinga ajuda usuários da saúde a enfrentar problemas de obesidade

Ipatinga -“Encarando a Obesidade de Frente”. Este foi o tema de palestra realizada na última semana pelo Departamento de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para usuários da rede pública de saúde em Ipatinga. O encontro reuniu também profissionais que atuam na linha de Cuidado da Obesidade na Atenção Básica do Município. A apresentação foi realizada no auditório do Hospital Municipal.

Elizângela Barroso, diretora do departamento, destaca a importância do assunto, “tendo em vista que a obesidade é um tema atual e que vem afetando nossa população de forma crescente”.

“A Policlínica – ela acrescenta –, através da equipe de endocrinologia, viu a necessidade de falar sobre o assunto sem tabus, já que é de conhecimento de muitos a dificuldade de perder peso através dos meios divulgados pelas mídias como milagrosos. Nossa intenção foi oferecer orientação profissional para perda e controle de peso de forma sadia e sem riscos”.

Encarando a obesidade

A palestra foi ministrada pela endocrinologista Débora Ferreira Pinto, que descreveu: “Tivemos uma conversa muito bacana sobre Encarar a Obesidade de Frente. Mitos derrubados e verdades colocadas às claras. A equipe da Endocrinologia da Prefeitura de Ipatinga inicia esses encontros que aproximam e esclarecem. Teremos outros momentos como este”, adiantou a médica.

Marcela Freire, enfermeira da Unidade Básica de Saúde do Bom Retiro, considerou a palestra de grande relevância para a melhoria do atendimento à população. “Entendo que é indispensável a gente ter mais informações e, assim, poder auxiliar os pacientes nessa busca por uma vida saudável. Sabemos que é uma luta difícil, mas passível de ser vencida. Precisamos correr atrás para que não tenhamos prejuízo mais adiante”, ponderou.

“Achei a palestra muito interessante, porque discutimos um tema relevante para a saúde, e isto vai nos ajudar muito em relação à reeducação alimentar, o que devemos fazer e de que forma fazer”, avaliou Valdirene Fernandes, enfermeira da UBS do Canaã.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *