Empresa cria simulador para faculdades de Direito em meio a pandemia

Segundo o fundador e CEO da INSIS, Fernando Souza, o novo modelo vai aproximar o ambiente acadêmico da prática profissional.

Redação – Imagine se o aluno do Curso de Direito pudesse realizar a prática profissional como se já estivesse atuando, seguindo todos os passos de um processo real? É o que promete a plataforma JURISTTA da empresa de Ipatinga, INSIS Consultoria e Sistemas. Em ambiente online, alunos poderão atuar como advogado do réu ou do autor, como parte do Ministério Público, entre outros atores jurídicos, simulando exatamente como acontece na prática.

A plataforma foi desenvolvida com base em metodologia ativa de gamificação, problematização e simulação, que revoluciona o ensino dos profissionais de Direito no Brasil. Segundo o fundador e CEO da INSIS, Fernando Souza, o novo modelo vai aproximar o ambiente acadêmico da prática profissional. “Imagine poder aprender a profissão em um ambiente que simula sua prática profissional depois de formado. No JURISTTA, o professor consegue simular um caso tal qual acontece na vida real, ajustando os prazos para que o aluno desenvolva um processo de 1ª a última instancia, atendendo ao requisito do calendário acadêmico da faculdade”, destaca.

O JURISTTA é inspirado na Pirâmide de Aprendizagem do psiquiatra, William Glasser. Segundo o estudo, o aluno que passa por uma metodologia ativa de aprendizagem (aprender fazendo) pode absorver até 95% do que é ensinado, o que gera um grande grau de assertividade se comparado as metodologias de ensino tradicionais (ouvir e observar) cuja aprendizagem chega a 50% aproximadamente.

Formando profissionais do futuro

A plataforma já está disponível para as faculdades de todo o Brasil e é um diferencial para as Instituições em meio a pandemia e pós pandemia, uma vez que as práticas podem ser realizadas de forma virtual. O JURISTTA possui suporte para videoconferência e um leque de opções entre diversos ramos do Direito, criando um universo de possibilidade de ensino e aprendizagem para professores e alunos.

Posteriormente, a plataforma promete ofertar o sistema para que advogados e recém formados também possam atuar, sem precisar esperar por um processo na vida real. ‘Se um profissional deseja migrar entre as diversas áreas do Direito, poderá treinar sua atuação dentro do simulador, sendo acompanhado por profissionais altamente. Assim daremos a oportunidade a esse advogado de aumentar sua capacidade de atendimento, ofertando um serviço de melhor qualidade para a sociedade’, finaliza Fernando Souza.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *