Rosângela Reis se mobiliza por volta dos voos no Aeroporto Regional do Vale do Aço  

IPATINGA – A interrupção temporária dos voos comerciais da empresa Azul para o Aeroporto Regional do Vale do Aço, em Santana do Paraíso, já mobiliza a deputada estadual Rosângela Reis (Podemos). Informada da situação, ela já solicitou uma agenda com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e também da empresa responsável pela gestão do aeroporto, a Socicam Administração, Projetos e Representações Ltda., para debater o problema e chegar a uma solução.
 
Segundo o comunicado oficial da Azul, a companhia “identificou que a pista do aeroporto de Ipatinga, utilizada para pousos e decolagens, não está atendendo aos padrões operacionais da empresa e, por este motivo, decidiu realizar a suspensão”.
 
A nota oficial informou ainda que “não tem o interesse em cancelar definitivamente seus voos na cidade, pelo contrário, espera que as adequações necessárias sejam feitas para que possa o quanto antes voltar a realizar seus voos na cidade mineira”.
 
A situação do aeroporto regional já tinha sido debatida pela deputada Rosângela Reis em uma reunião recente com o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Marco Aurélio Barcelos. No encontro, ela alertou para a necessidade de investimentos e ampliação do Governo do Estado na infraestrutura da pista de pouso, uma vez que já há projeto pronto com essa finalidade.
 
A deputada Rosângela Reis afirmou saber da dificuldade orçamentária do governo do Estado para fazer investimentos para a reforma da pista da pouco. “É um caso urgente. Não podemos deixar que esses voos sejam perdidos. É preciso estudar opções, viabilizar uma solução e retomar os voos para o Vale do Aço”, pontuou a deputada.
 
Ameaças de fechamento são antigas
 
Não é a primeira vez que o fim dos voos no aeroporto é uma ameaça para a região. No início de fevereiro de 2018, uma licitação, na qual foi a vencedora foi a Socicam Administração, Projetos e Representações Ltda., colocou fim a insegurança de fechamento do aeroporto que durou dois anos.
 
A deputada estadual Rosângela Reis foi uma das principais articuladoras na região para garantir o funcionamento do aeroporto. Ela realizou diversas reuniões com o Governo do Estado para pedir a agilidade no processo e a garantia de funcionamento da pista de pouso.

Compartilhe em suas redes sociais

One thought on “Rosângela Reis se mobiliza por volta dos voos no Aeroporto Regional do Vale do Aço  

  • 15 de fevereiro de 2019 em 14:52
    Permalink

    Esse é o problema de construir pistas de aeroportos de asfalto e não de cimento Portland. Somente aeródromos para pequenos aviões e sem operação comercial são de asfalto, onde a manutenção ocorre a cada 4 anos, enquanto as de Portland com 21 anos de uso, além de não ocorrer aquaplanagem durante o pouso e decolagem nas pistas de Portland. Acredito também que o voo por instrumento GPS poderia ser atualizado com o mais sofisticado e preciso ILS. É a oportunidade de se rever toda a infraestrutura aeroportuária. Saudações,

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *