Com quatro votos favoráveis, TRE absolve Nardyello Rocha da acusação de abuso de poder econômico

IPATINGA – O Tribunal Regional Eleitoral suspendeu nesta quarta-feira (28) o julgamento da ação movida pelo Ministério Público Estadual por abuso de poder econômico e político contra o prefeito de Ipatinga Nardyello Rocha (MDB). A principal acusação é quanto ao pagamento do funcionalismo às vésperas do pleito, o que segundo o MPE configura abuso de poder econômico. O julgamento foi suspenso por pedido de vistas do juiz Nicolau Lupianhes quando o resultado parcial já dava dois votos favoráveis ao prefeito. Apesar do pedido de vistas, outros dois desembargadores manifestaram seus votos favoráveis ao prefeito, totalizando quatro votos favoráveis ao provimento e 1 pelo desprovimento dos recursos. Com o resultado, o prefeito fica praticamente absolvido. O TRE deve retomar nesta quinta-feira o julgamento para apurar os demais votos. Ao todo 7 desembargadores votam, mas o presidente só se manifesta em caso de empate.

Segundo a assessoria do prefeito Nardyello Rocha, só após o resultado do julgamento ele deverá se posicionar sobre o caso.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *