Timóteo já tem novo prefeito: Saiu Hilário e entrou Adriano Alvarenga

TIMÓTEO (Fotos PCReis) – Por determinação do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE), foi empossado nesta segunda-feira (14), o presidente da Câmara de Timóteo,  vereador Adriano Costa Alvarenga (PMB), como prefeito interino da cidade em substituição a Geraldo Hilário Torres (PP), cassado no último dia 3.

Com a posse do presidente da Câmara como prefeito interino, o vice-presidente Luiz Gonzaga Perdigão foi  empossado naturalmente presidente da Casa Legislativa. Para preencher a vaga deixada por Adriano, foi  empossado o primeiro suplente Kiko Silveira (PPS). Todos estes atos aconteceram no plenário da Câmara de Timóteo. O prefeito Geraldo Hilário não participou da solenidade.

ÚLTIMO ATO DE HILÁRIO

Hilário convocou os seus apoiadores para as eleições extemporâneas.

Ao final da tarde desta quinta-feira, o prefeito Geraldo Hilário Torres foi ao Cartório Eleitoral de Timóteo, acompanhado de apoiadores que ocupavam cargos comissionados, para receber oficialmente o comunicado para deixar o cargo de prefeito. Estiveram também presentes os vereadores professor Diogo Siqueira e Pastora Sônia.

Hilário chorou ao falar sobre a sua trajetória política.

De entrevista coletiva a imprensa e discurso para vários  apoiadores, Hilário voltou a afirmar que participará do processo das eleições extemporâneas. Ele só não esclareceu se será mesmo candidato ou se apresentará um nome para a disputa. Na mesma oportunidade, o ex-prefeito já convocou aliados e simpatizantes para uma reunião na próxima sexta-feira (18), na sede do Lions Clube, no Bairro João XXIII.

POSSE DO PREFEITO INTERINO

Na Câmara Municipal, sem a presença do ex-prefeito, o presidente da Câmara, vereador Adriano Costa Alvarenga (PMB) era empossado prefeito interino da cidade até a convocação de novas eleições.

Durante coletiva, o prefeito empossado destacava a necessidade de intervenções urgentes no sistema municipal de saúde e confirmava a sua pré-candidatura a prefeito nas eleições extemporâneas. Adriano estará discutido nesta terça-feira (15) a formação da sua equipe de governo.

TAXA DE ESGOTO

Outro assunto abordado pelo atual prefeito foi à taxa de esgoto, que segundo ele é um assunto que faz parte da sua bandeira de mandato. Do assunto, Adriano falou apenas de uma possível discussão da taxa cobrada desde 2014 com a Copasa. Ele não esclareceu se neste período a frente da chefia do Poder Executivo, se vai colocar em prática a Lei Municipal nº 3.400/2014, que proíbe a cobrança de tarifa do serviço de esgotamento sanitário pela Copasa. A lei nº 3.400 é de autoria do próprio vereador Adriano Costa Alvarenga, promulgada na Câmara Municipal.

Entre os convidados para a posse do novo prefeito estavam os deputados Wellington Prado e Celinho do Sinttrocel.

NOVAS ELEIÇÕES

Apesar da portaria 796, de 24 de outubro/2017, de o Tribunal Superior Eleitoral indicar eleições suplementares para as datas entre 14 de janeiro de 2018 à 3 de junho 2018, já existem precedentes como o da cidade de Moju/PA e outras cidades no Estado do Rio de Janeiro, marcadas para os dias 11 e 24 de junho.

Algumas fontes ouvidas pelo JBN afirmam que a data de 24 de junho poderá ser definida nesta terça-feira (15), como data das novas eleições em Timóteo.

Compartilhe em suas redes sociais

One thought on “Timóteo já tem novo prefeito: Saiu Hilário e entrou Adriano Alvarenga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *