Familiares de Autistas cobram reunião com Secretário de Saúde de Timóteo

TIMÓTEO – As dificuldades de comunicação, socialização e comportamento que prejudicam o desenvolvimento das crianças e dos adultos portadores de Autismo mobilizam um grupo de mães em prol da criação de uma Associação de Amparo aos Autistas no município de Timóteo.

De acordo com a idealizadora, Elizabeth Almeida Arruda, mãe de um jovem com autismo, o objetivo da associação é de reunir os pais a fim de minimizar as dificuldades encontradas para conseguir atendimento. “Muitos pais são leigos no assunto, por isso não sabem qual o tratamento certo para seus filhos”, disse.

O grupo de mães ainda reivindica a aplicabilidade da lei municipal de nº 3.123 de dezembro de 2010, que determina a obrigatoriedade do município a manter em diversas regiões do seu território, centros de atendimento de saúde e educação especializados no tratamento de pessoas com TEA. Timóteo é o único município a editar a lei, porém nunca a colocou em prática.

“Queremos que o prefeito Geraldo Hilário nos dê suporte para cuidar dos nossos filhos. Os demais municípios,  Ipatinga, Fabriciano e Jaguaraçu já possuem um CAPS – Centro de atenção psicossocial. Este centro atende também pessoas com Autismo, inclusive o de Jaguaraçu,  está fazendo um trabalho excelente com as pessoas que possui sofrimento mental e também com os Autistas”, destacou Elizabeth.

REUNIÃO

Lamentavelmente o grupo de mães vem tentando em vão formalizar um encontro com o secretário municipal de Saúde, Cézar Luz, para indicar que a lei 3.123 precisa ser aplicada em Timóteo. As mães pediram o encontro através de ofício, mas até o fechamento desta edição não obtiveram retorno.

NOTA DA PREFEITURA

A reportagem tentou obter o número de pessoas autistas que fazem tratamento nos órgãos municipais, mas até o fechamento da matéria não teve retorno da Prefeitura Municipal. Também não conseguiu uma justificativa do secretário para o não atendimento do grupo de mães.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *