sexta-feira, março 1, 2024
DestaquesSaúde

Cobertura Vacinal: PMT desmente vice-governador e cobra explicação da Secretaria Regional de Saúde

A Prefeitura de Timóteo quer saber em “qual a base de dados respaldou a citação do vice-governador de que Timóteo é “uma cidade que teve a maior queda em cobertura vacinal em todo o estado” (Foto PCReis/JBN)

TIMÓTEO – Em resposta ao pedido de nota do JBN sobre as declarações feitas pelo vice-governador do Estado de Minas Gerais, Professor Mateus Simões, no último dia 10, auditório da PMT, conforme transcrição literal, veja o que foi afirmado pelo vice-governador durante o encontro: “…vocês sabem, nós estamos com um problema de cobertura vacinal grave em Timóteo (…).  Timóteo é uma cidade que teve a maior queda em cobertura vacinal em todo o estado”.

Nesta terça-feira (14), a pedido do JBN, a Prefeitura de Timóteo esclareceu sobre o conteúdo de tal afirmação do vice-governador que, na ocasião causou perplexidade ao público presente, e que naquele momento não foi interpelado pelo Secretário Municipal de Saúde, Eduardo Morais.

Na avaliação da Secretaria Municipal de Saúde e Qualidade de Vida de Timóteo a fala do vice-governador, Professor Mateus, não corresponde à realidade, e para tanto,  foi encaminhado um e-mail questionando ao Departamento de Estado de Imunização aos cuidados da Sra. Natália Litting, especialista em Políticas e Gestão da Saúde na Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Coronel Fabriciano (segue anexa cópia da correspondência), para que responda os seguintes questionamentos:  “qual a base de dados respaldou a citação do vice-governador; bem como o ranking estadual e a referência dos períodos comparativos utilizados para essa análise e conclusão”.

Pedido de explicação da PMT à Regional de Saúde

Segue a nota da PMT

Segundo dados disponibilizados pela SRS em dezembro do ano passado sobre a cobertura vacinal dos municípios sob a sua área de abrangência referente ao ano de 2022 contra a poliomielite, Timóteo aparece inclusive com uma cobertura vacinal superior a Ipatinga e Coronel Fabriciano. O Município reconhece que desde o início da pandemia e da reiterada campanha negacionista sobre a importância das vacinas, a cobertura vacinal sofreu quedas de uma forma em geral em todo o País. Não se pode atribuir às autoridades municipais em saúde a responsabilização sobre o recuo dos índices vacinais.

Um exemplo disso é que no dia 17 de outubro de 2022 quando se comemorava o Dia Nacional da Vacinação, dados divulgados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostraram que a taxa de vacinação infantil no Brasil vinha sofrendo uma queda brusca: a taxa caiu de 93,1% para 71,49%. De acordo com a pesquisa, realizada em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse número colocou o Brasil entre os dez países com menor cobertura vacinal do mundo.

A Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida ressalta que o Município de Timóteo tem agido constantemente nas ações de promoção da saúde no campo da imunização. Exemplo disso é que foram realizadas diversas vacinações em horário estendido (após às 17 horas), a fim de viabilizar o acesso da população, principalmente trabalhadora. Diversas campanhas aos sábados e em datas comemorativas como no evento do Dia da Criança, Vacinamóvel (vacinação itinerante), além das ações de vacinação em escolas e creches.

Diminuição de oferta de Exames preventivos

Também não corresponde à realidade a diminuição de oferta do número de exames preventivos em Timóteo. De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, os exames preventivos no município de Timóteo aumentaram nos últimos três anos, tendo sido realizados em 2020: 1.661; em 2021: 1.738; e em 2022: 6.649 exames.

A Secretaria de Saúde aproveita para reforçar que no próximo mês de março, as unidades de saúde do município funcionarão em horário estendido até às 19h, todas as quartas-feiras, para a coleta de exame preventivo dentro da campanha “Março Lilás” de prevenção e combate do câncer do colo de útero.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *