sábado, julho 13, 2024
CidadesDestaques

Belo Oriente repassa recursos a entidades que atendem crianças e adolescentes

BELO ORIENTE – Na manhã desta sexta-feira, 17, foi realizada a cerimônia de assinatura dos termos de fomento das organizações da sociedade civil que tiveram seus projetos selecionados pelo Edital N° 001/2023 de Chamamento Público para a implantação de projetos sociais voltados para o atendimento de crianças e adolescentes do município.

O evento contou com a participação do prefeito de Belo Oriente, Hamilton Rômulo, representantes do legislativo municipal, do pároco da Igreja Nossa Senhora da Piedade, Padre Eugênio e outras lideranças da sociedade civil.

Cinco entidades tiveram seus projetos contemplados: Esporte Clube Santa Tereza com o projeto “Comunidade Esportiva Santa Tereza II” (R$ 142.529,87), Associação de Moradores do Bairro Nova Esperança com o projeto “Ler Para Crer Fase 2” (R$ 100.000,00), Associação Esportiva e Recreativa Braúna com o projeto “Craques do Futuro II” (R$ 149.875,83), Associação Cultural Bom Samaritano com o projeto “Arte e Música – 3ª edição” (R$ 249.999,50) e o Oriente Esporte Clube com o projeto “Cidadania Pelo Esporte” (R$ 249.851,39).

Os projetos inscritos pelas organizações da sociedade civil passaram por uma seleção e avaliação formada por membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) para receber os recursos através do edital de Chamamento Público, que são oriundos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

De acordo com o Chefe do Executivo Municipal, os projetos desenvolvidos pelas entidades contempladas fazem a diferença na vida de muitas famílias atendidas. “Estes projetos tiram nossas crianças e jovens da ociosidade, trabalhando o potencial deles para devolver o melhor para a nossa sociedade”, afirmou Hamilton.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Cristina Coura, os projetos contemplados serão acompanhados durante a sua implantação e execução. “Todo o trabalho realizado pelas entidades sociais será acompanhado por uma comissão de monitoramento, dando ainda mais transparência e lisura a todo o trabalho desenvolvido por essas entidades sérias”, destacou a secretária.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *