Capina, roçada e coleta de entulho são iniciadas para tentar impedir o avanço das Arboviroses

Timóteo – Os serviços de limpeza com a ampliação da cobertura de capina, roçada, recolhimento de entulho e inservíveis e poda de mato nas margens dos córregos foram iniciadas em Timóteo. A preocupação do setor municipal de saúde é com o avanço das arboviroses, que são as doenças causadas pelos chamados arbovírus que incluem a dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela, é grande em função dos números de casos notificados.

Dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica nessa quinta-feira (14) acenderam o sinal de alerta. O boletim aponta um total de 327 casos notificados, sendo 287 para dengue; 28 para zika; e 12 chikungunya. Em relação aos dados noticiados em 15 de abril houve um aumento considerável já que eram 198 casos de dengue; 27 de zika e 10 chikungunya.

A regional leste, composta pelos bairros Alegre, Alphaville, Licuri, Celeste, Jardim Vitória, Limoeiro, Macuco, Recanto Verde, Nova Esperança, Santa Terezinha e Recanto do Sossego é a região com maior número de casos: são 180 registros para dengue, 7 para chikungunya e 24 para zika vírus.

Entre as medidas adotadas, foram intensificadas ações preventivas na ocupação Jardim Vitória, com o deslocamento de 8 agentes, além da promoção de limpeza, orientação e conscientização dos moradores e o tratamento específico para conter os índices de notificações no local.

Força tarefa

Paralelamente foi montada uma força tarefa com equipes da Secretara de Obras, Serviços Urbanos e da empresa prestadora de serviços de limpeza pública para fortalecer o trabalho de varrição, capina, roçada, poda de árvores e coleta de entulho em toda a cidade. Nesta quinta e sexta-feira as equipes de coleta de entulho e limpeza estão percorrendo as ruas dos bairros Santa Terezinha e Alegre, na regional leste.

Ao mesmo tempo, a Secretaria de Saúde está orientando os moradores a redobrarem os esforços em ações preventivas para eliminar criadouros que podem estar em imóveis residenciais, comerciais e lotes vagos.

Fiscalização

Em Timóteo, 90% dos focos identificados estão dentro das casas. Os criadouros predominantes são vasos de plantas, recipientes de degelo, materiais de construções, calhas, sanitários em desuso, piscinas não tratadas, caixas de inspeção e ralos.

Para conter os casos de arboviroses, a Administração Municipal disse que vai endurecer a fiscalização contra o depósito irregular de entulho e lixo em vias públicas, lotes vagos e calçadas com a autuação e emissão de multas para quem desobedecer as normas de postura do município.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *