Audiência Pública na Assembleia discute o fechamento de escolas em Fabriciano

Participaram da Audiência a deputada Beatriz Cerqueira (PT), o deputado Celinho do Sintrocel. O vereador Marcos da Luz representou a Câmara de Vereadores de Fabriciano

Fabriciano – Representando a Câmara Municipal de Coronel Fabriciano, o vereador Marcos da Luz (PT) participou nesta quinta-feira (26) da audiência pública da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa contra a municipalização ou fechamento das escolas estaduais Tancredo Neves e Dr. Querubino, de Coronel Fabriciano.

Na oportunidade, ele destacou que as mudanças, se ocorrerem, provocarão resultados incalculáveis na qualidade da educação e no processo de ensino-aprendizagem, com a evasão de alunos e abandono nas salas de aula.  Ele enfatizou também que não houve um processo de consulta às comunidades escolares sobre estas decisões que estão sendo discutidas a portas fechadas entre a Prefeitura e o Governo do Estado.

“Esta situação de fechar escola, de municipalizar a Escola Estadual Dr. Querubino, é arrumação do governador Romeu Zema, na Audiência Pública foi informado que o prefeito Dr. Marcos Vinícius formalizou ao Governo do Estado neste ano de 2019 o pedido de cessão do prédio da Escola Estadual Dr. Querubino para o Município de Coronel Fabriciano”, enfatizou Marcos da Luz.

Segundo ele, requerimento nº 4504 da deputada Beatriz Cerqueira (PT), apresentado na Audiência Pública, será encaminhado à Secretaria de Estado da Educação com pedido de informações sobre esta solicitação de cessão do prédio da Escola Estadual Dr. Querubino, para o Município de Coronel Fabriciano, feita pelo atual prefeito, com os respectivos documentos referentes a tal solicitação.

Ministério Público

Outros três requerimentos de Comissão foram apresentados pela parlamentar durante a audiência, atendendo sugestão do vereador fabricianense. O de nº 4505 requer seja encaminhado ao prefeito de Coronel Fabriciano pedido de informações sobre o projeto de construção da Escola Municipal Boa Vista, no imóvel da antiga Cadeia (rua Boa Vista, Centro), doado pelo Estado ao Município.

E o requerimento nº 4506, através do qual encaminha à Coordenadoria Estadual de Defesa da Educação do Ministério Público do Estado notas taquigráficas da Audiência Pública, que teve por finalidade debater a política de municipalização de escolas estaduais no município de Coronel Fabriciano, com pedido de providências.

Por fim, foi apresentado o requerimento nº 4507, no qual requer ao prefeito Bizarro informações sobre o posicionamento da atual administração municipal sobre a transferência da gestão de escolas estaduais para o Município de Coronel Fabriciano.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *