Presidente da Câmara de Ipatinga propõe comissão processante para apurar conduta de vereadores investigados

IPATINGA – O presidente do Legislativo, Jadson Heleno, protocolou nesta quarta-feira (20) denúncia solicitando instauração de uma Comissão Processante (CP) para apurar as condutas de quatro vereadores investigados pelo Ministério Público, juntamente com o Gaeco, por crimes de peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, dentre outros.

A assessoria técnica da Câmara irá analisar o pedido e emitir parecer. Após isso, o próximo passo é o envio da denúncia ao Plenário, que decidirá pela maioria dos presentes se acatará ou não o prosseguimento do processo. Em seguida, caso seja acatada a denúncia, será realizado sorteio para escolha dos membros dessa Comissão, que ocuparão os cargos de presidente, vice-presidente e relator da CP. Lembrando que  o presidente Jadson não poderá fazer parte da Comissão, porque é ele quem assina o pedido.

“Na condição de presidente da Câmara de Ipatinga, comuniquei com tristeza, durante sessão ordinária nesta quarta-feira, nosso posicionamento sobre o momento que vive o Legislativo. Nosso compromisso é com a verdade e, acima de tudo, com a população de Ipatinga, que merece satisfação e uma ação contundente de nossa parte. Iremos instaurar uma Comissão Processante, que irá apurar o que tiver de ser apurado, assim que os fatos forem comprovados, as devidas decisões serão tomadas e comunicadas, com a transparência de sempre”, informou’

Em uso da Tribuna, o presidente disse que “desde os inícios das investigações vem contribuindo com a justiça, e esta Comissão Processante é o ato mais duro que a legislação prevê para punir os investigados, garantindo amplo direito de defesa a todos. Esperamos que a que a verdade venha à tona e que a instituição faça com transparência, zelo e verdade o seu papel”, disse. A Comissão tem 90 dias para concluir os trabalhos.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *