PMT registra preços para contratar veículos máquinas e equipamento. Veículos terão rastreadores

O processo licitatório substitui a dispensa de licitação feita em agosto de 2018 que vence em fevereiro deste ano e que cancelou contratos que somavam cerca de R$ 38 milhões, conduzidos pelas administrações anteriores.

TIMÓTEO – A Prefeitura Municipal de Timóteo promoveu na última sexta-feira (25), a licitação pública, pelo menor preço, para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de transportes para o fornecimento de veículos, máquinas e equipamentos para o atendimento às Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação, Saúde e Obras.

Entre as novidades desta licitação está a obrigação de a empresa concorrente permitir a instalação de rastreadores nos veículos, para a aferição de quilometragem e percurso feito durante a sua utilização pelo Município. Isso garante mais controle e transparência na utilização de recursos públicos. Além de garantir os serviços essenciais que demandam veículos, a licitação registra possíveis contratações de equipamentos para atender futuras situações emergenciais.

As empresas participantes tiveram que demonstrar liquidez e grau de endividamento, uma vez que ela será responsável pelo fornecimento dos veículos e equipamentos com condutor, combustível, incluindo a manutenção preventiva e corretiva, reposição de peças e seguro em dia.

O processo licitatório substitui a dispensa de licitação feita em agosto de 2018 que vence em fevereiro deste ano e que cancelou contratos que somavam cerca de R$ 38 milhões, conduzidos pelas administrações anteriores.

Atualmente o Município opera com 28 veículos de forma emergencial. Com a nova licitação, a atual gestão espera registrar vários equipamentos que poderão, em caso de necessidade, vir a ser utilizados. Como exemplo, nos últimos meses com a falta de fornecimento de água, a Administração foi obrigada a contratar caminhões tanque para abastecer vários bairros da cidade. Para evitar a morosidade na contratação, o novo certame possibilitará a ativação temporária do item gerando  resolutividade de problemas num menor espaço de tempo.

O edital também proíbe a adesão à ata de registro de preços por terceiros. Chamada popularmente de “ata carona”, o edital da PMT impede outros órgãos públicos de se utilizarem do procedimento feito em Timóteo. A licitação foi dividida em dois lotes, entre veículos leves e pesados. O pregão foi  transmitido ao vivo pelo Facebook (www.facebook.com/prefeituradetimoteo). Uma das empresas concorrentes  apresentou recurso. O certame será retomado na próxima semana.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *