segunda-feira, março 4, 2024
CidadesDestaques

Passagem de ônibus em Ipatinga sobe de R$ 3,80 para R$ 4,20

IPATINGA – O secretário de Serviços Urbanos e Meio ambiente da Prefeitura de Ipatinga, Agnaldo Bicalho, anunciou nesta sexta-feira o aumento de 10,52% nas passagens do transporte coletivo urbano, que sobem dos atuais R$ 3,80 para R$ 4,20. Para os estudantes devidamente cadastrados, o aumento passa de R$ 3,04 para R$ 3,36. O reajuste deve ser publicado na edição deste sábado do Diário Oficial e tem 15 dias para entrar em vigor. Segundo secretário, o prazo para entrada em vigência é importante para não pegar o usuário de surpresa e dar tempo dele se adaptar a nova tarifa. O reajuste também deve ser acompanhado de uma série de medidas para assegurar a melhoria do transporte coletivo e do atendimento ao usuário.

INSUMOS

Bicalho explicou que o reajuste já havia sido concedido pelo Conselho Municipal de Trânsito, mas ainda precisava passar pelo crivo do Executivo. “Foram levados em consideração vários itens que impactam diretamente no valor da tarifa, como o aumento do óleo diesel, pneus e outros insumos, salários de motoristas e trocadores”, destacou, lembrando que o pleito inicial da empresa previa um aumento de 23,42% e a redução gradativa dos cobradores de ônibus. “Foi um termo que nos negamos taxativamente a discutir e informamos à empresa que nestas condições o assunto nem seria levado ao Conselho”, disse ele. “O contrato segue a Lei de Concessões, que tem que ser boa para a sociedade, mas também não pode matar a empresa”, justificou.

FROTA

Atualmente a concessionária do transporte coletivo em Ipatinga possui uma frota com 92 ônibus, 10% dela de reserva técnica. Efetivamente rodando existem 90 veículos. O secretário Agnaldo Bicalho avalia que a frota é relativamente boa. De todos os ônibus, apenas 1 não possui sistema de acessibilidade. Segundo ele, o último contrato de concessão retirou o item que exigia ar condicionado, o que não pode ser exigido atualmente.

USUÁRIOS

Segundo os levantamentos da Secretaria de Serviços Urbanos, em novembro de 2016 foram transportados 931 mil passageiros nos ônibus da cidade. Em janeiro desde ano o número de usuário caiu para 842 mil. A frota de Ipatinga já chegou a transportar cerca de 2 milhões de passageiros/mês. Em grande parte, a redução é creditada ao crescimento do transporte alternativo (uber, táxis e mototáxis), além do aumento da frota de veículos.

MEDIDAS

O secretário Agnaldo Bicalho destacou o conjunto de medidas compensatórias que acompanham o reajuste, como a notificação à empresa para renovação da frota; adequação do Setor de Gratuidade da empresa, que será transferido para a Estação Qualifica com condições de acessibilidade para idosos e deficientes físicos, o que não existe atualmente; criação de linhas passando pelo Parque Ipanema, o principal centro de lazer e recreação pública da cidade a partir do aniversário de Ipatinga (28 de Abril) e, posteriormente, em caráter experimental, aos domingos; e instalação de redes wi-fi nos coletivos no prazo de 60 dias, o que irá facilitar o monitoramento das linhas e da frota.

MICROS

O entendimento com a empresa prevê ainda o retorno dos micro-ônibus que faziam as linhas nos bairros das partes altas da cidade, onde os ônibus de maior porte não transitam, como o alto do Limoeiro, Vista alegre e outros bairros.

APLICATIVO

Agnaldo Bicalho anunciou ainda a criação de um aplicativo tipo Uber para que o usuário possa monitorar os ônibus evitando perda de tempo e contratempos.

INTEGRAÇÃO

Finalmente, outra medida importante, mas que depende de recursos do governo federal é a construção de Terminais de Integração. Estes terminais seriam construídos nos bairros Bethânia (próximo ao Bretas), Centro (no bairro Contingente) e Cidade Nobre (próximo à Suplan). A ideia é buscar recursos junto ao programa “Avançar Cidades”, do governo federal. A Prefeitura construiria os terminais, que seriam administrados pela concessionária do transporte coletivo.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *