O domingo foi de festa para comemorar o 8º ano de fundação da Comunidade Terapêutica Esperança

O prefeito Douglas Willkys marcou presença no evento.
O Coral Esperança cantou e encantou na festividade

São 2.303 pessoas atendidas desde a fundação. Destas, 407 pessoas concluíram o período integral do tratamento


Convidados e familiares participaram do momento de oração

TIMÓTEO (Fotos PCReis) – A Comunidade Terapêutica Esperança, com sede no Bairro Petrópolis, realizou neste domingo (10), a solenidade em comemoração ao 8º aniversário da entidade. Com a presença de inúmeros recuperados, autoridades e familiares dos internos, o momento de oração e integração social elevou o tom de agradecimento das pessoas que se esforçam para cumprir o processo de recuperação do vício das drogas. O almoço servido aos inúmeros convidados, foi feito na cozinha da Comunidade Esperança pelos próprios internos.

O prefeito Douglas Willkys; o secretário municipal de Saúde, Eduardo Morais; o controlador geral da prefeitura de Timóteo, Thiago Castro; o presidente da Câmara de Coronel Fabriciano, Adriano Martins  e a vice-presidente do PSB Alda Castro, participaram da solenidade festiva ao lado do vereador e presidente de honra da entidade, Luiz Perdigão.

Emocionado, Luiz Perdigão contou a sua história de vida para os presentes, tempo em que esteve envolvido com droga e álcool. Perdigão lembrou o apoio incondicional da sua família para deixar o vicio. “Nós da Comunidade Esperança trabalhamos com a espontaneidade da pessoa. Que ela nos procure e queira se internar. Ninguém está aqui obrigado. Só fica quem realmente quer ficar”, explica.

Adriano Martins, presidente da Câmara de Coronel Fabriciano, acompanha sempre o trabalho da Comunidade Esperança.

O prefeito Douglas Willkys e o presidente da Câmara de Coronel Fabriciano Adriano Martins, parabenizaram a diretoria da Comunidade Terapêutica, na pessoa do presidente de honra Luiz Perdigão, pelos trabalhos desenvolvidos e se colocaram a disposição para ajudar no que for necessário.

A COMUNIDADE – Com oito anos de fundação, a Comunidade Terapêutica Esperança, instituição filantrópica, trabalha com pessoas adultas, do sexo masculino que desejam colocar em prática a recuperação da dependência de álcool e outras drogas. O objetivo da comunidade esperança é o de “promover a reintegração social das pessoas assistidas”.

A Comunidade Terapêutica Esperança conta com um corpo clínico composto por Psicóloga, Assistente Social, Terapeuta Ocupacional. Também conta com coordenador geral, gerente administrativo, secretária, motorista e Monitores que trabalham a disciplina e o programa terapêutico.

São 2.303 pessoas atendidas desde a fundação. Destas, 407 pessoas concluíram o período integral do tratamento e foram reinseridas novamente na sociedade. Neste período a comunidade em caráter de vaga social, atendeu 784 pessoas.

Dionísio (Espanta), ex-jogador de futebol, segue firme no processo de tratamento.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *