Cursos realizados pelo Senar, Aperam BioEnergia e parceiros promovem aprendizado

Redação – A Aperam BioEnergia, em parceria com entidades locais do Vale do Jequitinhonha, segue firme no propósito de oferecer formação continuada para as comunidades. Nos meses de julho e agosto, junto de parceiros importantes, a Empresa viabilizou a oferta de cursos de qualificação, com 40 horas/aula cada, que beneficiaram cerca de 40 moradores locais.

Na cidade de Itamarandiba, foi oferecido o curso de Corte e Costura, em dois períodos. De 1º a 5 de julho, nove alunos receberam qualificação, viabilizada  por meio de parceria entre a BioEnergia, Senar e Sindicato dos Produtores Rurais. Entre 26 e 30 de agosto, mais uma turma de 10 moradores participou da formação, realizada na Associação Comunitária de Defesa das Famílias (ACODEF), com recursos da Comarca de Itamarandiba e parceria da Aperam BioEnergia.

Com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MG), entre 29 de julho e 2 de agosto, foi realizado o curso de Apicultura Módulo 2. Com envolvimento de 10 moradores, a capacitação foi oferecida  na Associação de Apicultores de Minas Novas (AAPIMN).

Em Capelinha, na comunidade Cisqueiro, também em parceria com o Senar, foi promovido o curso de Reciclagem de Garrafa PET, no período de 12 a 16 de agosto. Por meio da capacitação, nove participantes tiveram a oportunidade de conhecer o projeto Dê Alças à Reciclagem, uma iniciativa da BioEnergia que estimula possibilidades, criatividade e imaginação por meio da reciclagem. Com envolvimento das comunidades, escolas e demais instituições parceiras, há incentivo para a confecção de produtos sustentáveis, por meio da reutilização de materiais diversos.

Desenvolvimento sustentável

“Continuamos investindo na capacitação dos moradores da região, a fim de proporcioná-los oportunidades de geração de renda e promover o desenvolvimento sustentável das comunidades. Para nós, é gratificante ver a dedicação e o crescimento profissional dos participantes”, comentou o gestor de Responsabilidade Social da Aperam BioEnergia, Raimundo Lima.

Criação de oportunidades

A instrutora de Corte e Costura na ACODEF, Aparecida Teixeira, que já ministrou o curso mais de uma vez, relatou que “as alunas têm um ótimo desenvolvimento e estão muito empolgadas com as técnicas aprendidas”. Aparecida ensinou como produzir roupas de cama, mesa e cozinha, além de peças íntimas.

Para a lavradora, Lucineia Carvalho Sousa, que já participou de diversos cursos do Senar e esteve presente no de Reciclagem de PET, as capacitações são fontes de conhecimento que ela já teve oportunidade de usar em trabalhos para complementar a renda da família. “Pretendo, futuramente, organizar um grupo com as meninas que participaram do curso para produzirmos vassouras e outros itens nos quais usamos as garrafas PET,” revelou Lucineia.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *